Um homem de 30 anos, operário da construção civil, foi detido pela Polícia Judiciária, suspeito de ter provocado o incêndio que lavrou em Mirandela na sexta-feira.

Segundo um comunicado da força policial, o homem já foi presente a interrogatório judicial e ficará em prisão preventiva.

No comunicado, a Polícia Judiciária nota que o incêndio alegadamente provocado pelo suspeito “colocou em perigo uma mancha florestal, área agrícola, bem como de habitações, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida deteção e intervenção dos bombeiros que se encontravam nas proximidades a fazer vigilância a um incêndio ocorrido” no dia anterior.

A detenção foi possível através do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real e com a colaboração da PSP de Vila Real.