Rita Penela

Jornalista

Tive o meu primeiro contacto com uma redação em 2012, no jornal Record, estava ainda a terminar a licenciatura. Estive uns anos afastada do jornalismo até que, em 2018, entrei na agência Lusa e o 'bichinho' que estava adormecido voltou. Um ano e uns meses, depois chego ao Observador para integrar a editoria de Política. Afirmo-me, ainda, orgulhosamente neta e filha de avieiros e tive a enorme sorte de ter crescido junto ao mar.

Artigos publicados

A página está a demorar muito tempo.