As vinhas, as árvores de fruto e o Estevão, o meigo cão de gado transmontano que impõe respeito pelo seu porte, dão as boas vindas a quem chega à Quinta de Ventozelo, em Ervedosa do Douro, São João da Pesqueira. Situada na margem esquerda do rio, esta é uma das maiores e mais antigas quintas do Douro – a primeira referência é de 1500. Conta a história que era terra cultivada pelos monges da Ordem de Cister, grandes impulsionadores da agricultura local e fundadores do famoso vinho do Porto, que povoaram a região durante a Idade Média. O seu passado estava essencialmente ligado ao pão, à caça e ao azeite, só mais tarde se fez notar no universo vinícola.

Após a extinção das ordens religiosas, Ventozelo passou por seis proprietários diferentes até que em 2014 se juntou à família da Gran Cruz, a maior empresa exportadora de vinho do Porto em Portugal. O grupo já comprava as uvas da quinta à antiga proprietária espanhola desde 2011, mas decidiu explorar por completo o potencial de um terreno com 400 hectares, dos quais 200 são vinha, 150 são mata e 20 são olival.

“Este foi um projeto adiado por várias famílias ao longo dos anos, ninguém tinha fundos suficientes para transformar Ventozelo. Era algo que estava na gaveta e foi finalmente posto em prática. Não podíamos guardar isto só para nós, seria um pecado não partilhar este pedaço de paraíso”, explica ao Observador Jorge Silva, diretor-geral da Gran Cruz, que quando aqui chegou encontrou edifícios degradados e castas desajustadas.

Durante dois anos, historiadores, geógrafos, paisagistas e engenheiros ambientais traçaram um projeto a regra e esquadro que se ergueu num ano e meio, tendo como premissa preservar a história, o património e a paisagem, fazendo uma vénia ao antigamente. No final de 2019, a Quinta de Ventozelo abriu portas a um hotel rural de quatro estrelas, onde a intenção é que o Douro não seja apenas um postal bonito, mas que o hóspede possa fazer parte do seu quotidiano.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.