Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Depois de ter ficado fora do Parlamento nas eleições legilsativas de 2019, a antiga líder parlamentar do Partido Ecologista Os Verdes, Heloísa Apolónia, assume agora a responsabilidade de ser mandatária nacional de João Ferreira, o candidato do PCP, à eleição de 2021.

Justifica a candidatura do comunista esta decisão como “mais um passo na dinâmica de alargamento de apoios” piscando o olho também à área ambiental: “também no que concerne à defesa do ambiente, da proteção dos ecossistemas e da biodiversidade”.

Heloísa Apolónia marcou presença na Voz do Operário, em Lisboa, a 17 de setembro, quando João Ferreira fez a apresentação oficial da candidatura a Presidente da República no próximo ano, numa eleição que ainda não tem agendamento definido.

João Ferreira apela ao voto de todos “independentemente das escolhas eleitorais do passado”

A ex-deputada d’Os Verdes foi cabeça de lista pelo círculo de Leiria (onde a CDU não elege desde 1985) às eleições legislativas de outubro de 2019, acabando por ficar, como já era esperado, fora do Parlamento onde tinha chegado em 1995.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

No currículo da jurista de 51 anos que a candidatura de João Ferreira enviou às redações destaca-se a participação de Heloísa Apolónia no Conselho Nacional do MDM – Movimento Democrático de Mulheres e ainda a experiência autárquica da ex-deputada.