Meios acionados em tempo real, partilha instantânea de informação entre Proteção Civil, Polícia Municipal e Bombeiros e alerta às populações por SMS são algumas das mais-valias de uma ferramenta integralmente concebida pelos serviços da Câmara de Matosinhos.

Esta quinta-feira será apresentado o Sistema Municipal de Gestão de Emergência de Matosinhos (SMGEM), “um sistema único no país e que vai permitir aumentar a eficácia na gestão da resposta de emergência e maior proximidade com as populações das zonas afetadas por incidentes”, revela a autarquia em comunicado.

O sistema, que foi integralmente concebido pelos serviços municipais com o apoio de uma empresa especializada em sistema de informação geográfica, faz uma integração das ocorrências, “cruzando dados, gerindo meios e recursos, permitindo, em tempo real, conhecer, planear, decidir e intervir, criando uma resposta mais célere e eficaz”.

“Sempre que a Central de Emergência Municipal receber uma chamada a dar conta de uma ocorrência vai ser feito um registo e enviado um e-mail para o piquete da Proteção Civil que fará a avaliação no local. Depois dessa avaliação, o sistema permite que sejam acionados de imediato todos os recursos necessários para enfrentar o problema, tanto ao nível dos recursos humanos como de equipamentos. Proteção Civil, Polícia Municipal e Bombeiros estão ligados nesta rede, partilham dados e comunicam em tempo real, o que vai diminuir os tempos de resposta e aumentar a eficácia na resolução”, explica José Pedro Rodrigues, vereador da Proteção Civil da Câmara Municipal de Matosinhos.