Pedro Pablo Pichardo qualificou-se esta sexta-feira para a final do triplo salto dos Europeus de Pista Coberta, que estão a decorrer na cidade polaca de Torun. O luso-cubano conseguiu de forma natural o melhor registo na fase de qualificação, bastando apenas um salto a 17,03 para garantir a final que tinha como mínimo 16,80.

Pedro Pablo Pichardo termina em quarto e falha medalha na final do Mundial por quatro centímetros

O atleta do Benfica, que chegava à competição com a melhor marca europeia do ano que é também recorde pessoal em Pista Coberta (17,36), conseguida nos Campeonatos de Portugal realizados em Braga no mês passado, soube confirmar nesta fase de qualificação esse natural favoritismo, sendo um dos três a superar a marca mínima de apuramento para a final a par do alemão Max Hess (16,86) e do azeri Alexis Copello (16,84).

Adrian Swiderski (Polónia, 16,45), Tobia Bocchi (Itália, 16,40), Dimitrios Tsiamis (Grécia, 16,38), Levon Aghasyan (Arménia, 16,36) e Jesper Hellström (Suécia, 16,28) completam o quatro de oito finalistas.

Lisboa, Califórnia, Florida e uma grande viagem de regresso: Pichardo vence triplo salto na Liga Diamante

“Sinto-me bem, a qualificação correu como planeei. A Arena de Torun é muito, muito boa, gosto disto. O meu objetivo aqui é ganhar, o meu objetivo de época é ser o melhor do mundo. Era minha intenção abordar a qualificação logo no primeiro salto, como aconteceu. Agora, o objetivo é o de todos os que estão aqui, triunfar”, comentou no final da qualificação Pedro Pablo Pichardo à agência Lusa.