A Madeira registou este domingo mais uma morte associada à Covid-19, tendo sido identificados 33 novos casos, 779 situações ativas e mais 48 doentes considerados recuperados, anunciou a Direção Regional de Saúde do arquipélago.

Segundo a Secretaria da Saúde e Proteção Civil da Madeira, um homem com 70 anos morreu, com comorbilidades associadas, no Hospital Central do Funchal, elevando para 66 o número de óbitos relacionados com a doença no arquipélago.

“Há a reportar 33 novos casos de infeção por SARS-CoV-2 na Madeira, pelo que a região passa a contabilizar 7.570 casos confirmados de Covid-19”, lê-se no boletim epidemiológico diário.

O documento informou que os novos casos, um número que tem paralelo apenas com os dados portados em 21 de dezembro, são de transmissão local, na sua maioria já associados a contactos de casos positivos

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A Direção Regional de Saúde (DRS) apontou que na Madeira estão notificados 779 casos ativos, dos quais 762 de transmissão local e 17 importados. No Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, estão internadas 46 pessoas, 39 em Unidades Polivalentes e sete nos Cuidados Intensivos, havendo outras 13 em isolamento numa unidade hoteleira e as restantes em alojamento próprio.

O boletim indicou a existência de um total 261 viajantes em apreciação pelas autoridades de saúde da região e 4.110 pessoas em vigilância ativa através da aplicação MadeiraSafe. A DRS destacou que a Madeira contabiliza 6.725 casos de doentes recuperados desde o início da pandemia.