Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Cinco concelhos, incluindo três no Algarve, apresentavam a 18 de agosto uma incidência cumulativa maior que 960 novos casos por 100 mil habitantes, num nível de incidência extremamente elevado e com tendência crescente — fortemente crescente em Boticas (incidência quase três vezes maior) e Mourão (incidência quase nove vezes maior).

Lagos e Albufeira foram os concelhos que registaram mais novos casos deste grupo, segundo os dados da Direção-Geral da Saúde.

Concelhos Incidência a 18 de agosto Incidência a 11 de agosto Total de casos 5-18 de agosto
Boticas 1.502 568 74
Vila do Bispo 1.360 1.321 70
Lagos 1.275 866 386
Mourão 1.069 123 26
Albufeira 990 778 415

Lisboa com incidência muito elevada e Porto com incidência elevada

Além dos cinco concelhos com incidência extremamente elevada — mais um que na semana passada —, há 20 concelhos com incidência muito elevada (de 480 a 959,9 novos casos por 100 mil habitantes) — menos cinco do que na semana passada —, incluindo Portimão, Loulé, Lagoa e Faro (no Algarve), mas também Lisboa, Sines e vários concelhos no Alentejo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Num nível de incidência elevado (entre 240 e 479,9 novos casos por 100 mil habitantes) estão 94 concelhos — tantos quantos na semana passada —, incluindo Porto, Cascais, Oeiras, Barreiro e Almada, mas também alguns concelhos algarvios, como Silves, São Brás de Alportel, Vila Real de Santo António e Tavira.

Abaixo dos 240 novos casos por 100 mil habitantes, num nível de incidência moderado a baixo, estão 189 concelhos — mais quatro do que há uma semana.

Lisboa teve mais de 2.700 casos em duas semanas, Porto pouco mais de 1.000

Lisboa foi o concelho que registou mais caso no total de duas semanas, de 5 a 18 de agosto, 2.752 novos casos, que se refletem numa incidência de 540 casos por 100 mil habitantes, ligeiramente menos do que na semana passada.

Sintra, com um total de 1.056 casos, e Porto, com um total de 1.025 seguem-se na lista. O Porto desceu mais a incidência cumulativa em relação à semana anterior do que Lisboa.

Na lista de concelhos que registaram 450 casos ou mais em 14 dias estão ainda: Cascais, Vila Nova de Gaia, Oeiras, Amadora, Loures, Loulé, Almada, Matosinhos, Braga, Portimão, Vila Nova de Famalicão e Leiria.