Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A Bentley brilha entre os fabricantes de automóveis mais refinados do mercado. A qualidade de construção caminha ao mesmo ritmo da exímia qualidade dos materiais – peles verdadeiras aliadas a aço escovado, alumínio e a madeiras de primeiro nível – que satisfazem até os mais exigentes.

Porém, a Bentley visa associar o luxo com performance, fruto da sua longa história no mundo da competição, pelo que, esporadicamente, sente necessidade de recordar que os seus modelos mais assanhados não perdem em nada para os melhores desportivos do mercado.

Esta semana, o construtor britânico do Grupo Volkswagen publicou um vídeo, filmado nas antigas instalações da NATO na Sicília, abandonadas há 30 anos, em que um belo e elegante Continental GT Speed demonstrava que não era um desportivo para brincadeiras e podia satisfazer até os condutores mais exigentes.

No vídeo divulgado pela marca britânica, o piloto chega à antiga base aérea italiana num belo e clássico Bentley R-Type, de 1952, para de seguida se sentar aos comandos do Continental GT Speed. Veja aqui como tudo acontece.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR