Índice

    Índice

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Abastecimento de combustível cortado nos aeroportos de Lisboa e Faro. Pelo menos um voo da TAP já cancelado. Bombas a ficar sem gasóleo e gasolina um pouco por todo o país. Enormes filas em postos de Lisboa e Setúbal. A greve dos motoristas de materiais perigosos (que começou na segunda-feira) está a paralisar os transportes rodoviários em Portugal e a ameaçar os voos que partem do maior aeroporto português.

Mas quem são os camionistas por detrás deste cenário? Quais são as suas reivindicações? Por que razão ganharam força suficiente para este protesto? Cinco respostas para ajudar a perceber que protesto é este.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.