Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Texto publicado inicialmente a 11 de março e atualizado após ser conhecido o 3.º lugar do trabalho de Mário Cruz na categoria ambiente do World Press Photo 2019.

Living Among What’s Left Behind” é o título da imagem captada por Mário Cruz, vencedora na categoria ambiente do World Press Photo, o mais prestigiado prémio de fotojornalismo do mundo, que distingue e reconhece fotógrafos profissionais desde 1995. A fotografia do repórter da Agência Lusa mostra uma criança que recolhe materiais recicláveis deitada num colchão rodeado por lixo que flutua no rio Pasig, em Manila, nas Filipinas, declarado biologicamente morto na década de 1990. O trabalho resulta de um projeto pessoal que desenvolveu durante um mês na comunidade de Manila, motivado “pela passividade com que se discutem as situações ambientais”.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.