Olá

831kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Há vários caminhos para o "corpo são e mente sã"
i

Há vários caminhos para o "corpo são e mente sã"

Getty Images/iStockphoto

Há vários caminhos para o "corpo são e mente sã"

Getty Images/iStockphoto

Yoga a 42 graus, pilates ao som de disco e aulas adaptadas ao ciclo hormonal. 10 experiências de bem-estar para fugir à rotina

Há cada vez mais experiências ligadas ao bem estar que fogem à tradição e que convidam a viver modalidades tradicionais com novos olhos (e por vezes até ouvidos).

Os ginásios tradicionais são aborrecidos. Concorde-se ou não, foi essa a premissa que levou os fundadores do Studiorise a apresentar uma nova forma de fazer cycling, um estúdio onde o ambiente à luz das velas intensifica uma experiência muito específica — quase espiritual — que só a música é capaz de manifestar. Já no Baraza, a prática do yoga é feita com Depeche Mode, Arcade Fire e J Balvin a saírem pelas colunas, o que nos leva num saltinho até ao Prescription, um estúdio com uma abordagem mais dinâmica ao pilates. “Todos os sítios em Lisboa tinham um conceito quase médico e, aqui entre nós, era muito aborrecido. Precisava de suar, de ver os amigos, de me divertir”, explica a fundadora.

Há cada vez mais experiências ligadas ao bem estar que fogem à tradição e que convidam a viver modalidades tradicionais com novos olhos (e por vezes até ouvidos), desde aulas de ballet para maiores de 18 anos do Studio B Ballet Academy, aos planos de fitness adaptados ao ciclo hormonal feminino através da app 100% Mulher. Pelo meio, há hot yoga, um retiro na Ilha do Pico com massagens e concertos e até um espaço de co-working que organiza aulas de meditação e sessões de coaching. Conheça a lista completa de sugestões de bem estar para fugir à rotina.

Vidya Studio

Rua Tomás da Anunciação 68B, 1350-169 Lisboa. Aberto de segunda a sexta-feira, das 7h às 21; e sábados, das 9h às 13h. Tel.: 910 816 078. Email: campodeourique@microginasios.pt. Preços a partir de 89,90 euros por mês

Praticar yoga numa sala onde as temperaturas variam entre os 35 e os 42 graus é o desafio proposto pelo Vidya Studio, que se instalou em Campo de Ourique em fevereiro deste ano, ocupando o espaço que antes pertencia à Livraria Bulhosa. Aqui, a modalidade em foco é o hot yoga, cuja popularidade tem vindo a crescer em todo o mundo, embora não se tenha disseminado à mesma velocidade em Portugal. Apesar do clima ser quente, a política do estúdio tem como teto um limite de 600 clientes ativos e uma capacidade máxima de 29 alunos nas aulas, que decorrem em espaços amplos, com distanciamento suficiente para que cada sócio se mexa livremente sem pisar os calcanhares do colega da frente. Já as aulas, com duração de uma hora, começam pelas sete da manhã e estendem-se até às nove da noite, sendo as marcações feitas previamente através da aplicação do Vidya Studio para garantir que o número de presenças não ultrapassa o limite estipulado.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

As aulas têm um limite máximo de 29 alunos por sessão

As mensalidades custam 89,90 euros, mas também é possível comprar pacotes de cinco (92 euros), dez (154 euros) ou 20 sessões (280 euros), com validade de três, seis e nove meses, respetivamente. O estúdio pertence ao grupo Smart Fit, que já tem mais de mil espaços espalhados por 13 países da América Latina e um total de cerca de 3 milhões de alunos. Até ao final deste ano, planeiam abrir mais dois estúdios em Portugal, mas o plano passa por inaugurar 20 a 30 espaços até 2027.

Studio B Ballet Academy

https://www.studiobballetacademy.com/; a partir de 10 euros por pessoa

Fundado pela portuguesa Inês Coelho Silva, a Studio B Ballet Academy é certificada pela Royal Academy of Dance School e especializou-se em ensinar ballet a alunos a partir dos 18 anos, quer tenham ou não experiência anterior em dança. É uma escola de ballet inclusiva, que quer “eliminar as barreiras da idade, tamanho, género ou distância”, como se pode ler no site. “Os nossos alunos provam todos os dias que o treino em ballet pode ser iniciado em qualquer fase da vida.” As aulas são dadas online, o que significa que os alunos conseguem participar a partir de qualquer parte do mundo. Mas também há aulas ao vivo a acontecer semanalmente em Londres, ou workshops em Lisboa e no Porto que vão sendo anunciados através do site e das redes sociais.

Inês Coelho da Silva, fundadora da escola, dançou por mais de 20 anos para a Royal Academy of Dance e é uma professora de ballet certificada pela conceituada academia britânica, que segue os padrões mais elevados de ensino e segurança dos alunos. Tem ainda uma licença da Silver Swans, que lhe permite lecionar ballet a alunos com mais de 55 anos e mobilidade reduzida.

  • Qualquer aluno se pode inscrever a partir dos 18 anos
  • Inês coelho da Siva tem mais de 20 anos de experiência enquanto bailarina

As sessões online custam entre 10 e 15 euros por pessoa, com opções como “treino de pernas”, “preparação de pontas”, “treino core”, “ballet 1” ou “treino de flexibilidade”, entre outras. As durações variam entre 45 minutos e uma hora. Para quem quiser apostar mais a sério na modalidade,  há packs de quatro aulas por 35 euros, 12 aulas por 90 euros ou pode ainda optar pela subscrição mensal, também por 90 euros. No que diz respeito às aulas presenciais, o preço fica à volta de 35 euros por uma sessão individual de 1h30, mas também há packs a 110 euros para quatro sessões.

Bootcamp Insanity

Pinhal do Concelho, 8200-912 Albufeira. Tel.: 289 500 100. Aberto todos os dias, com programas para 3, 5 ou 7 noites. Preços a partir de 788 euros

Passar férias no Algarve não tem necessariamente de ser sinónimo de mergulhar o pão no molho das ameijoas e esquecer os treinos por completo — embora tal rotina não seja de forma alguma condenável. No Pine Cliffs Resort, pode continuar a deliciar-se com as iguarias algarvias, com a novidade de juntar à agenda o Bootcamp Insanity, um programa de treinos intensivos ao ar livre lançado em março deste ano e disponível para 3, 5 ou 7 noites. Inspirado nos treinos militares, o objetivo é ajudar os participantes aumentarem a resistência, força, agilidade e energia, através de musculação, exercícios funcionais e corrida em circuitos curtos e intensos.

Os treinos com inspirações militares são feitos ao ar livre. O programa também dá acesso a tratamentos de spa

Começa com uma avaliação física e inclui treinos personalizados, consultas de nutrição e tratamentos de spa para completar a experiência. Com os valores a começar nos 788 euros, inclui as noites no hotel e todas as refeições do dia (pequeno-almoço, almoço e jantar), preparadas pela nutricionista do Serenity Spa. Os participantes do Bootcamp Insanity têm ainda acesso gratuito ao Oásis Termal, bem como ao health club do resort. As reservas estão disponíveis no site ou por telefone.

Prescription Pilates Studio

Prescription Pilates Studio. Rua de São Bento, 197, Lisboa. De segunda a sábado, a partir das 7h45. Preços a partir dos 35 euros/aula; oferta especial iniciante 3 aulas/55 euros; aulas privadas: 55 euros/uma pessoa, ou 70 euros/ duas pessoas

Máquinas, movimento e música. Uma trindade começada por M para definir um Studio começado por P. No Prescription, os princípios do pilates ganham uma versão fitness. “Mais dinâmica, diria. Podes usar pesos, elásticos, etc”, define Vanessa Motte, francesa que viveu sete anos em Londres, de onde importou um método seguido em vários destinos Europa fora. “Foi ali que me apaixonei pelo conceito. O fitness sempre foi uma paixão, mas na altura o meu background era marketing e business, na área do lifestyle de luxo. Deu-me o lado empreendedor.” Com uma vida muito intensa em solo britânico, Vanessa e o marido rumaram a Portugal para abrandar o ritmo e construir uma família – e o plano original de estadia por três meses já leva cinco anos. “É a nossa nova casa. Cheguei grávida, e quando tive o meu primeiro filho tive medo do futuro, mas depois do segundo, o meu marido incentivou-me a avançar com o meu sonho. No meio disto, estive sempre a fazer pilates, algo que faço há 12 anos, quase todos os dias.” E assim nascia o espaço na Rua de São Bento onde os benefícios do pilates clássico (da postura à mobilidade e flexibilidade) aderem a uma vertente menos terapêutica. “Todos os sítios em Lisboa tinham um conceito quase médico e, aqui entre nós, era muito aborrecido. Precisava de suar, de ver os amigos, de me divertir. Queria um método muito poderoso, que trabalhe o corpo todo.”

Apesar do certo nível de endurance que o trabalho aqui convoca (ao longo de aulas de 55 minutos), não é preciso ter testado já a famosa Reformer para ser bem sucedido. Também há lugar e planos feitos por medida para iniciantes na prática criada por Joseph Pilates no começo do século XX, à época uma receita para curar lesões, sobretudo durante a guerra. “Vão ficar confortáveis com a máquina”, garante Vanessa, que aponta agora para os principais combates de um século movido a stress, ansiedade e vários erros posturais. “Aqui vamos ficar mais consciente dos movimentos e de como deves aplicar isso na tua vida. Seja quais forem os teus hobbies ou profissão vais ter uma consciência maior do teu corpo e um pouco mais de mindfullness. Penso que emocionalmente também ficamos mais forte.”

Quanto à playlist tocada, ingrediente-chave na rotina do Prescription, pode ir do funky ao groovy, passando pelo disco, sempre energizante, com a certeza de que “nunca vamos ouvir música clássica ou jazz”.

100% Mulher

Apple Store e Play Store. Preços entre 9,90 euros (aula avulso) e 14,90 euros (subscrição mensal)

Treinos adaptados ao ciclo hormonal das mulheres. Foi com essa proposta em mente que a fitness coach Sofia Amorim criou uma aplicação que reúne uma série de exercícios preparados para responder a cada fase do ciclo do corpo feminino e à correspondente predisposição para ganhar massa muscular ou queimar gordura. A app 100% Mulher está disponível na Apple Store e Play Store e inclui um desafio de 30 dias baseado no ciclo hormonal, com aulas de 20 a 40 minutos pensadas para cada fase. Podem ser acompanhadas por quem está num nível iniciante, intermédio ou avançado. Além das aulas de modalidades como Pilates ou treinos HIIT, existem planos extra para evoluir em objetivos mais concretos, como aumento de energia e ganho de massa muscular, flexibilidade ou alívio de dores. “Ficaste sem rabo?! Principalmente depois de se ser mãe, existe assim um ‘descair’…parece que a gravidade veio em força”, descreve no desafio “Glúteos Up”, focado na definição de glúteos e pernas.

As aulas podem ser acompanhadas a partir de casa e nos horários que melhor se adaptarem à agenda de cada uma

Getty Images/iStockphoto

Tudo pode ser acompanhado a partir de casa, do ginásio ou de um espaço ao ar livre. A ideia da coach passa também por facilitar três dificuldades comuns nas vidas das mulheres e sobretudo das mães: falta de tempo, falta de vontade e falta de capacidade monetária. A mensalidade custa 14,90 euros e dá acesso a todas as aulas da aplicação e ainda às sessões em direto pelo Zoom e pelo YouTube, de Total Fit, Pilates, Sprint e Pilares Flow; ao grupo de Whatsapp; ao desafio mensal e a cursos extra. Quem quiser experimentar, pode ter acesso aos primeiros sete dias de forma gratuita.

Body Boost Retreat

Quinta da Barra, Rua Quinta dos Canais, Canais, 2925-677 Azeitão. Email: franciscahmelo@gmail.com ou deboracpinto@gmail.com. Tel.: 914 025 656. De 18 a 21 de maio. Preços dos 1.050 euros (quarto individual) aos 1.250 euros (quarto partilhado)

Quatro dias de yoga, praia, aulas dentro de água, treino funcional, hiking, alimentação saudável e atividades ligadas à região e aos produtos das zonas de Azeitão e da Arrábida. É isto que a segunda edição do Body Boost Retreat promete levar até à Quinta da Barra entre os dias 18 e 21 de maio. O modelo deste ano promete ser semelhante àquele que Francisca Homem de Melo e Débora Pinto lançaram no ano passado. Tudo acontece numa quinta familiar com piscina, que consideram “o local ideal para a conexão com a natureza, praias de mar azul e algum descanso físico e mental”. A alimentação saudável está a cargo do Amélia Café e será complementada por vinhos José Maria da Fonseca, que vai ter as portas da adega aberta para uma visita dos participantes, que vão poder provar e conhecer a história da casa de vinhos portuguesa.

A alimentação saudável está a cargo do Amélia Café

“O nosso conceito baseia-se desde o início em desporto, natureza e em tudo o que essa relação pode proporcionar. Assim, decidimo-nos pela Arrábida porque, primeiro, tem das paisagens mais bonitas e completas de Portugal, com serra, mar e praia. Depois, porque tem fáceis acessos a Lisboa e, como o nosso foco sempre foi ter um grupo internacional, a fácil acessibilidade também deveria fazer parte da equação”, explica Francisca Homem de Melo. A escolha da Quinta da Barra, uma casa grande e acolhedora, prendeu-se com ter as infraestruturas necessárias para receber um grupo grande: um alpendre para a aula matinal de yoga, um jardim para o bodyart (modalidade que combina posições de treino com técnicas de respiração) e uma piscina para o aquafitness. As inscrições podem ser feitas por email ou através do site da organização, onde já é possível encontrar o programa completo.

Baraza

Calçada Marquês Abrantes 72, 1200-720 Lisboa. Aberto de segunda a sexta-feira, das 7h às 20h; sábados, das 9h ao meio-dia. Email: hello@barazayoga.com. Preços a partir de 15 euros por pessoa

Das colunas sai Depeche Mode, Arcade Fire, The Cinematic Orchestra, Stormzy e até J Balvin. Quem quiser, pode entrar no Spotify e ouvir as playlists a partir de qualquer lado. Neste estúdio luminoso e minimalista na zona de Santos, em Lisboa, as aulas de yoga são ensinadas em sequências fluidas, fugindo à hatha e à ashtanga, as duas correntes mais difundidas da prática. O Baraza não quer ser só um estúdio de yoga, mas antes ponto de encontro onde acontecem workshops, palestras, treinos e visitas de professores vindos de todos os cantos do mundo. Entre os meses de abril e maio, é possível participar num curso de 90 minutos sobre técnicas de respiração (25 euros); de abril a setembro, há uma masterclass ensinada em seis partes por Paula Andreewitch, que explora as várias densidades do corpo humano (25 euros).

  • O espaço é amplo e luminoso, com uma decoração clean
  • Fica na Calçada Marquês Abrantes, no bairro de Santos

Os clientes podem levar os seus próprios tapetes e até deixá-los guardados no estúdio, ou alugar por 1 euro um tapete de yoga de cortiça. As aulas de Power Flow e Rocket Flow acontecem de segunda-feira a sábado, podendo ser reservados avulso a partir do site por 15 euros/pessoa. Há vários passes para frequentar cinco (65 euros), 10 (115 euros) ou 15 aulas (159 euros), com 4 meses de validade. Mas também há passes mensais, de 110 euros ou de 120 euros, que inclui aluguer de um tapete de yoga. Para os novos clientes que querem experimentar, há um pack de 10 dias com acesso ilimitado por 45 euros. Os alunos universitários ou em Erasmus têm 20% de desconto, sendo para isso apenas necessário que enviem uma cópia do cartão de estudante para o email do Baraza.

Yayem

Y Country House, Rua dos 4 Moinhos 375, 2755-190 Alcabideche. Aberto de segunda-feira a sábado, das 8h às 22h. Preços de inscrição a partir de 65 euros

O foco do Yayem não é exatamente o bem-estar na sua definição mais tradicional, ou não fosse este um espaço de co-working. No entanto, aqui o conceito de work and play (“trabalhar e brincar”, em tradução livre) junta o desenvolvimento pessoal ao profissional, proporcionando dinâmicas de wellness como aulas de yoga, dança, artes marciais, meditação, caminhadas, visitas guiadas, massagens terapêuticas e workshops. Já para o desenvolvimento pessoal, os programas em constante atualização contam com atividades como talks, sessões de coaching e workshops variados. A cada mês, o clube apresenta um calendário de atividades variado, nas quais os membros se podem inscrever livremente. Algumas acontecem na Y Country House, em Sintra, ou noutros espaços do Yayem espalhados pelo mundo — os membros têm acesso a todos eles, onde quer que estejam — e outras são digitais, disponíveis através da app.

Para mês de abril, por exemplo, o programa incluiu um workshop de kombucha na Y Country House (25 euros), um jantar caboverdiano preparado pela Cozinha Popular da Mouraria (45 euros), um sábado de caminhada, escalada e rappel na serra de Sintra (80 euros), um workshop de cerâmica (40 euros), uma talk com Tim Leberecht, fundador e co-CEO da House of Beautiful Business e uma cerimónia de chá. As inscrições começam nos 65 euros, com diferentes pacotes de subscrição que incluem diferentes serviços e valores. O pedido de informação ser feito através do site.

As inscrições no co-working começam nos 65 euros

O Yayem foi fundado por Nicolas Buteau e Lindsey Elkin, que se conheceram enquanto trabalhavam na Uber. O conceito inspirado no trabalho remoto e na liberdade de viajar pelo mundo já está presente na Cidade do México, Cidade do Cabo e Londres, com membros com mais de 50 nacionalidades. O espaço em Sintra foi inaugurado em 2021, ainda durante a pandemia uma altura em que “foram muitos os profissionais que se mudaram para Lisboa”, segundo o diretor em Portugal, Nuno Andrade. “Percebemos rapidamente que a cidade se estava a tornar num hotspot para o trabalho remoto. Com a inauguração da primeira casa Yayem, a nossa visão assentava em criar um espaço multifuncional com um conceito de work and play. Tudo isto entre o parque nacional de Sintra e o mar, que torna o espaço ainda mais especial.”

Studiorise

 Rua Correia Teles 18, 1350-092 Lisboa. Email: hello@studiorise.eu. Aberto de segunda-feira a domingo, entre as 7h30 e as 20h. Aulas a partir de 10 euros

Se ainda não deu de caras com nenhuma selfie tirada num balneário luminoso, o espelho carimbado com as palavras “fitness is boring” a amarelo, conseguiu fugir entre os pingos da chuva. O cenário pertence ao Studiorise, que fica perto do Jardim da Parada, em Campo de Ourique. O estúdio fundado por Carine Lucas e Alexis Péribère quer desafiar o status quo no mundo do fitness. “Comecei a ver ginásios diferentes e acho que experimentei tudo, e não me sentia alinhada com nada daquilo”, contou a francesa a viver em Portugal ao Observador. “Muita gente gosta de ginásios tradicionais mas eu não gostava, acho que são espaços muito old school com aquele ambiente de cultura do corpo, com o qual não concordo. Sempre  tive um lado muito feminista e acho que também é preciso mudar a visão do mundo do fitness.”

Studiorise - campo de ourique Studiorise - campo de ourique Studiorise - campo de ourique Studiorise - campo de ourique

O Studiorise, em Campo de Ourique, foi fundado por Carine Lucas e Alexis Péribère

Francisco Nogueira

“Nós acreditamos que os ginásios tradicionais são aborrecidos e que todos merecemos melhor”, pode ler-se no site. “É por isso que oferecemos aulas de cycling inesperadas, lideradas por performers.” Os treinos ao som de pop, hip-hop e afro, de artistas como Anitta, Beyoncé e The Weeknd, acontecem às escuras, iluminados por velas, em salas que levam até 35 pessoas. “A música pode mudar a tua energia, pode transformar-te noutra pessoa por um momento ou enviar-te profundamente para dentro de ti mesmo. É por isso que nunca usamos duas vezes a mesma playlist.” À entrada, o Studiorise tem sofás confortáveis para o convívio com os amigos. Há uma loja com uma seleção de produtos cosméticos clean, nutrição e roupa de ginásio vinda de todo o mundo. No bar, servem-se snacks e bebidas e sobra espaço para eventos abertos a todos os alunos, que vão sendo organizados ao longo do ano.

A aula de estreia fica por 10 euros e a partir daí passa para 20 euros por sessão. O “welcome pack” dá direito a três aulas por 30 euros, o pack de cinco aulas fica por 90 euros, o de 10 aulas por 160 euros, o de 20 por 280 euros e o maior, com 30 aulas de cycle, fica a 390 euros.

Pico Zen

Parque de Campismo de Santo António (Furna), Estrada Regional 1, 9940 Santo António, Ilha do Pico, Açores. De 27 a 30 de abril. Bilhetes a partir de 10 euros

Começou tudo em 2018 apenas com familiares e amigos dos organizadores, mas o sucesso do evento valeu-lhe uma repetição em 2019, essa já aberta à comunidade. O festival Pico Zen é uma experiência de bem-estar que junta aulas de yoga a concertos, atividades ligadas à saúde e um estado de espírito que promove o relaxamento e o contacto com a natureza circundante. Esteve parado durante a pandemia, mas está de regresso entre os dias 27 e 30 de abril, com uma programação cheia, e bilhetes à venda para cada experiência individual, sem existir a obrigatoriedade de pagar passes completos.

A experiência completa inclui todas as refeições do dia, preparadas com alimentos vegetarianos e vegan

O programa completo pode ser consultado no site e inclui, entre outras coisas, uma aula de Hatha Vinyasa Yoga com Filipa Silva, uma experiência de mergulho com o Twin Peaks Diving Centre, uma caminhada com Daniel Pena para conhecer os sons e botânica da Ilha do Pico, uma sessão de observação do céu noturno, uma aula de pilates tradicional com Liliana Costa e um workshop de bolo de milho, uma iguaria tradicional do Pico, com Deodata Serpa. Haverá ainda concertos de projetos como Svayam, Libertad e João Mata & Catarina Catalão. Além de planos para entreter os miúdos, o Pico Zen oferece vários tipos de experiências de massagens, desde terapêuticas a ayuvérdicas, passando por terapias com óleo de sementes de cânhamo e CBD.

Os bilhetes começam nos 10 euros, para o acesso à observação de céu noturno e a um concerto diário, e chegam aos 750 euros, para o pack PicoZen FULL, que inclui acesso a todas as atividades do festival, alojamento e todas as refeições incluídas (pequeno-almoço, almoço e jantar, confecionados com alimentos vegetarianos e vegan). Quem quiser, pode antes optar pelo passe completo sem alojamento, uma vez que o acesso ao campismo é gratuito. Os bilhetes custam sempre metade do preço para miúdos entre os 5 e os 12 anos e são gratuitos para crianças até aos 4 anos.

 
Assine um ano por 79,20€ 44€

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver planos

Oferta limitada

Já é assinante?
Apoio a cliente

Para continuar a ler assine o Observador
Assine um ano por 79,20€ 44€
Ver planos

Oferta limitada

Já é assinante?
Apoio a cliente

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Apoie o jornalismo. Leia sem limites. Verão 2024.  
Assine um ano por 79,20€ 44€
Apoie o jornalismo. Leia sem limites.
Este verão, mergulhe no jornalismo independente com uma oferta especial Assine um ano por 79,20€ 44€
Ver ofertas Oferta limitada