“Conheça o novo carro de 47 mil euros para o presidente da Assembleia.” É este o título de uma notícia que circula no Facebook através de um print screen (captura do ecrã do telemóvel ou do computador). Está lado a lado com uma fotografia de José Manuel Rodrigues, dando a entender que o veículo foi comprado recentemente e para o atual presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, na imagem. Esta informação é falsa. A transação aconteceu, sim, mas em setembro de 2018 — época em que o cargo era ocupado por Tranquada Gomes.

Publicação junta fotografia de notícia relativa a compra de mandato do anterior presidente da ALRAM, com a fotografia do atual presidente ALRAM.

O print screen omite a data de publicação do artigo do “Diário de Notícias da Madeira”, mas ainda é possível encontrá-lo online, no site do jornal. O texto que encontramos online contém um esclarecimento da Assembleia Legislativa da Madeira sobre a marca do carro, um Volkswagen Passat, e remete para uma notícia que foi publicada a 18 de setembro de 2018 na edição em papel. “Na edição impressa do Diário de hoje, damos conta da aquisição desse automóvel, a única da ALM neste ano, por um valor que, com IVA, ascende a 47 mil euros.”

O negócio é justificado com a necessidade de substituir a anterior viatura, que já tinha 19 anos, “consumia muito e tinha uma manutenção cara”. No entanto, está bem explícito na publicação que o veículo foi “comprado para ficar ao serviço de Tranquada Gomes” e não de José Manuel Rodrigues. Este último só assumiu o cargo de presidente da Assembleia Legislativa da Madeira a 15 de outubro de 2019 — ou seja, mais de um ano depois da notícia. Antes, Rodrigues liderou o CDS-PP Madeira durante 18 anos (entre 1997 e 2015). A posição é agora ocupada por Rui Barreto.

Em toda a história da democracia madeirense, o cargo de presidente da Assembleia regional foi sempre ocupado por personalidades do PSD. No entanto, pela primeira vez, o partido de Alberto João Jardim e Miguel Alburquerque (o tal presidente do governo regional) não conseguiu a maioria absoluta e foi forçado a fazer uma coligação com o CDS/PP. Além de ter ficado com algumas secretarias-regionais (uma espécie de ‘ministros’ da região), o CDS exigiu ter o líder do hemiciclo. O atual presidente é, de facto, José Manuel Rodrigues, do CDS, mas a responsabilidade da compra daquele carro recai sobre o político eleito pelo PSD na anterior legislatura e não na que tomou posse em 2019.

Conclusão

O carro de 47 mil euros foi comprado pela Assembleia Legislativa da Madeira em 2018 e não agora. O print screen que circula é de um artigo do “Diário de Notícias da Madeira” que publicado em setembro desse ano. Na altura, o presidente era Tranquada Gomes, do PSD e não José Manuel Rodrigues (do CDS), o político que surge na foto da direita e que lidera atualmente a assembleia. José Manuel Rodrigues só assumiu o cargo em outubro de 2019, depois de a notícia ser publicada.

Assim, de acordo com o sistema de classificação do Observador este conteúdo é:

ERRADO

No sistema de classificação do Facebook este conteúdo é:

FALSO: as principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

Nota: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact-checking com o Facebook.

IFCN Badge