A praia é, habitualmente, um local para relaxar. No entanto, também pode ser um pretexto para difundir informações falsas ou enganadoras. Parece confuso, mas quando uma imagem de uma praia com lixo é espalhada nas redes sociais, ela pode causar a indignação entre os internautas. Neste caso, o objetivo era contrapor o lixo à proibição de levar cães a passear na praia. Foi o que aconteceu no passado dia 2 de julho, onde uma publicação no Facebook mostrava a fotografia, alegadamente, de uma praia portuguesa com lixo. A legenda dizia o seguinte: “E os cães é que não podem ir à praia?”. Esta publicação já surgiu em diferentes países, do Brasil a Portugal. Recentemente atingiu as 35,7 mil visualizações e chegou às 547 partilhas. É, no entanto, uma publicação enganadora.

Autora da publicação sugere que fotografia de lixo foi tirada em praia portuguesa

A fotografia partilhada não foi tirada em Portugal ainda que a utilizadora seja portuguesa. Mesmo nos comentários da publicação podemos verificar críticas ao povo português por alegada falta de civismo. Fica, porém, subentendido que foi essa utilizadora a retirar a fotografia, algo que não se verifica, depois de uma busca na internet pela origem da imagem.

Através de uma pesquisa no Google Images, é possível verificar que já foi partilhada por utilizadores de outros países, noutra altura. Por exemplo, no Twitter, um utilizador postou exatamente a mesma fotografia no dia 13 de agosto de 2018, com uma legenda em italiano, ou seja, quase dois anos antes desta publicação surgir em Portugal. Dá, por isso, a entender, que se trata de um utilizador italiano, deixando críticas a quem supostamente maltrata as praias daquele país. No entanto, não é possível perceber quem é o autor dessa fotografia.

No ano passado, uma publicação italiana online, escreveu um artigo em que mostrava o lixo que, supostamente, tinha sido deixado nas praias da costa norte de Roma, depois das festas típicas daquela região, celebradas a 15 de agosto (“Ferragosto”). A fotografia da publicação inicial pode ser encontrada neste artigo, sem que, mais uma vez, lhe seja atribuída o autor. Um dia depois, esta fotografia, novamente não identificada, volta a surgir na internet, mas desta vez numa crónica online de um jornal local em Ischia (Itália) sobre festas semelhantes que decorreram em agosto daquele ano. A 24 de agosto de 2019, uma página com milhares de seguidores, a Will Motivation, de um utilizador brasileiro, também postava esta fotografia, dando a entender que tinha sido tirada no Brasil.

A publicação feita a sugerir que praia era no Brasil, em 2019

Conclusão

É muito habitual encontrarem-se fotografias de praias com lixo, especialmente na altura de verão. Costumam vir com uma crítica subentendida de falta de civismo, ou mesmo de quem, por não poder levar o cão para a praia, resolve criticar estas atitudes. No passado dia 2 de julho, uma utilizadora portuguesa postou uma fotografia, tirada, supostamente, numa praia portuguesa cheia de lixo. Nos comentários é visível a tal crítica à falta de civismo de quem terá alegadamente praticado esse ato condenável. Esta fotografia, no entanto, já foi encontrada noutras publicações de diferentes países, desde o Brasil a Itália, em alturas diferentes. No ano passado, por exemplo, uma crónica de um jornal local em Ischia, mostrava a mesma fotografia. Há dois anos, um utilizador do Twitter também postou a mesma fotografia, com uma crítica em italiano. Ou seja, não existem provas concretas de que esta fotografia tenha sido tirada em Portugal, nem tão pouco que tenha sido agora, em plena pandemia da Covid-19.

Assim, de acordo com o sistema de classificação do Observador, este conteúdo é:

´
ENGANADOR

No sistema de classificação do Facebook este conteúdo é:

PARCIALMENTE FALSO: as alegações dos conteúdos são uma mistura de factos precisos e imprecisos ou a principal alegação é enganadora ou está incompleta.

Nota: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact checking com o Facebook.

IFCN Badge