Logo Observador
Turismo

Portugal entre os dez países mais bonitos do mundo

3.713

O site UCITYGUIDES escolheu os dez destinos mais bonitos do mundo. E Portugal está entre eles.

O site de viagens UCITYGUIDES elegeu os destinos turísticos mais bonitos do mundo e Portugal está entre eles. Na lista elaborada pelo site, estão países como Itália ou Espanha, destacados pela sua extraordinária beleza natural e pela diversidade das suas paisagens.

Portugal surge em sexto, logo a seguir à Grécia. De entre as maravilhas portuguesas, o site destaca principalmente a beleza das paisagens naturais, fazendo referência às ilhas dos Açores e Madeira, às paisagens serenas do Alentejo e à “fantasia mágica” que é Sintra. Uma referência às duas grandes cidades portuguesas também não podia faltar. Apesar de considerar que os centros históricos do Porto e Lisboa foram muito negligenciados, o UCITYGUIDES referiu a costa ribeirinha como uma das grandes atrações das duas cidades.

Para o nono e décimo lugar, o site elegeu a África do Sul e a Alemanha. Para o país sul-africano, o UCITYGUIDES destacou a Cidade do Cabo e o Parque Nacional de Kruger. No que diz respeito à Alemanha, o site fez referência às joias arquitetónicas do país, como os castelos bávaros.

Conheça o top 10 dos países mais bonitos do mundo pelo UCITYGUIDES

1. Itália
2. Espanha
3. França
4. Austrália
5. Grécia
6. Portugal
7. Estados Unidos da América
8. Brasil
9. África do Sul
10. Alemanha

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: rcipriano@observador.pt
Democracia

A democracia vista por baixo

Rui Ramos

Elegemos representantes cujos primeiros compromissos não são com os cidadãos, mas com os caciques dos partidos. Vista de baixo, a democracia não é a participação de todos, mas a organização de alguns.

Crónica

As qualidades das qualidades

Miguel Tamen

Uma acção generosa a que se chega depois de uma análise ponderada tem qualquer coisa de deliberado que a faz parecer-se com a avareza; e pensar em ter coragem é uma variedade de cobardia. 

Isabel Moreira

Basta! Venha lá o louvor a Gentil Martins

José Ribeiro e Castro
185

Isabel Moreira tem-se especializado em perseguir e ordenar perseguições a cidadãos e profissionais com base nas suas convicções, opiniões e afirmações, o que era uma das tarefas da Gestapo e da Stasi.