Logo Observador
Testes

A imagem que pôs os internautas a franzir os olhos

106

É a última rasteira que pregaram aos internautas. Há uma imagem a circular na Internet que tem um erro inexplicável. Mas a maior parte de nós não consegue encontrá-lo. Porque não existe.

WU HONG/EPA

É um verdadeiro atropelo aos internautas viciados em desafios virais. Foi já no final do mês passado que a página de Facebook de Greg Brookman, um youtuber e fanáticopor partidas virtuais, publicou uma imagem com um grande erro que poucos conseguem encontrar. O desafio parece tão difícil para quem está na rede que mereceu milhares de partilhas e reações nervosas à imagem.

Mas deixemo-nos de rodeios. A imagem mostra uma série de automóveis estacionados uns ao lado dos outros, como num qualquer parque de estacionamento de supermercado. Até aqui nada de estranho. Mas olhe melhor. E não se deixei levar pelas rasteiras, que ainda são muitas e consideráveis. Podemos quase garantir que nada do que encontrar à primeira vai ser a resposta que procura. Mas nada como experimentar! Ora veja.

O táxi ali mesmo junto ao canto? Não, não é essa a resposta: não é assim tão difícil encontrar um táxi estacionado. Também não aposte naquela família a arrumar as compras na bagageira do carro: é capaz de ser a coisa mais comum num parque de estacionamento de um supermercado. Olhe com atenção. Não vire o ecrã ao contrário, não tape um dos olhos, não precisa sequer de ler melhor o enunciado deste problema: a resposta está na imagem e ponto final.

Descobriu? Prefere desistir? Muito bem, eis a resposta: olhe para a fila imediatamente atrás daquela onde se encontra o táxi. Agora concentre-se melhor na parte esquerda dessa fila. Logo a seguir ao carro da família estão outros dois, que não se conseguem ver completamente. Atente no automóvel preto que os segue. Nada de estranho? As rodas do carro estão no ar. Estão suspensas e, aparentemente, sem qualquer ponto de apoio com o chão. Porquê?

Essa é a pergunta a que ainda não obtivemos resposta. Mas se vir este vídeo vai perceber. Ao que parece é só uma brincadeira. Toda a gente faz clique. Mas é apenas um parque de estacionamento com carros estacionados.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mlferreira@observador.pt