Logo Observador
Donald Trump

Consultor de Trump admite contactos com envolvido na pirataria online russa

Roger Stone assumiu ter trocado mensagens, através do Twitter, com um indivíduo envolvido na pirataria informática contra os Democratas

Roger Stone disse que troca de mensagens no Twitter foi tão "superficial, breve e banal" que até se esqueceu disso

ALBIN LOHR-JONES / POOL/EPA

Um consultor político e antigo conselheiro de campanha do Presidente Trump admitiu, este sábado, que no ano passado comunicou com um indivíduo envolvido na pirataria informática contra os Democratas, mas ressalvou que não passaram de conversas “inócuas”.

Roger Stone disse hoje ao jornal Washington Times que manteve contactos com uma pessoa envolvida no ciber ataque ao correio eletrónico do Comité Nacional Democrata (órgão de campanha dos Democratas para as eleições presidenciais, que teve como candidata Hillary Clinton). No entanto, sublinhou que as conversas foram “completamente inócuas”.

Em entrevista ao Washington Times, Stone disse que a troca de mensagens na rede social Twitter com o utilizador ‘Guccifer 2.0’ foi tão “superficial, breve e banal” que até se esqueceu disso.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Estados Unidos da América

A faca e o queijo na mão

Diana Soller

Há razões para receber o Presidente americano com má vontade. Mas mais importante é o conteúdo político da curta visita de Trump. A Europa não está preparada para garantir a sua segurança sozinha.

NATO

Surpresas

Vasco Pulido Valente

… hopes expire of a low dishonest decade… (W. H. Auden)

Terrorismo

A enorme minoria

Bernardo Sacadura

É difícil continuar a sustentar que é apenas uma minoria islâmica irrelevante a que defende os atentados terroristas. A atuação destas células também não seria possível se não tivessem cúmplices.

Terrorismo

A enorme minoria

Bernardo Sacadura

É difícil continuar a sustentar que é apenas uma minoria islâmica irrelevante a que defende os atentados terroristas. A atuação destas células também não seria possível se não tivessem cúmplices.