Património

Mosteiro dos Jerónimos investigado por festas privadas

635

Uma associação sem fins lucrativos explorou espaços dos Jerónimos sem que a Direção-Geral do Património Cultural recebesse qualquer quantia pelos serviços cobrados. Auditoria revela isto e muito mais.

HUGO AMARAL/OBSERVADOR

O Ministério Público está a investigar várias irregularidades detetadas por uma auditoria da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) à gestão da ex-diretora do Mosteiro dos Jerónimos, Isabel Almeida, avança o Diário de Notícias na edição desta terça-feira.

Exemplo dessas irregularidades é o facto de a associação sem fins lucrativos Troca Descobertas ter explorado alguns espaços do monumento em causa sem que a DGPC recebesse qualquer quantia pelos serviços cobrados. Isto terá acontecido durante vários anos.

Além das fundadoras da associação terem tido e-mail oficial dos Jerónimos, algumas atividades que se destinavam a alunos do ensino pré-escolar e 1º ano do ensino básico e que constavam da programação levada a cabo pela Troca Descobertas eram publicitadas em portais públicos. Não havia, porém, qualquer protocolo entre a DGPC e a respetiva associação.

Documentos consultados pelo DN mostram que empresas como a Team Quatro e o Automóvel Clube de Portugal usaram espaços dos Jerónimos para a realização de eventos, sendo que pagaram mais à World Monuments Fund (WMF), organização internacional sem fins lucrativos dedicada à recuperação de edifícios históricos, do que à DGPC. Isabel Almeida, cuja comissão de serviço terminou a 5 de janeiro, é a vice-presidente da WMF.

A entrada em vigor do despacho 8356/2014, lembra o mesmo jornal, permitiu um maior controlo do custo da cedência de espaços em monumentos, uma vez que só nessa altura os preços começaram a ser tabelados.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: acmarques@observador.pt
Congresso do PSD

As eleições no PSD

Jorge Barreto Xavier

Gostaria que a disputa no PSD acontecesse entre protagonistas de uma geração mais nova, mas a verdade é que uma geração mais velha foi a jogo. E é nesse quadro específico que é preciso tomar opções.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site