Cristiano Ronaldo

Real Madrid pediu a jornais que mudassem a foto de Cristiano Ronaldo

521

O Real Madrid pediu a vários órgãos de comunicação social que não colocassem a foto de Ronaldo com a camisola do clube quando noticiassem a sua alegada fuga ao fisco, avança o El Confidencial.

Ronaldo vestido com o equipamento do Real Madrid? Para o clube, às vezes não convém

Denis Doyle/Getty Images

Quando, este fim de semana, rebentaram as últimas notícias sobre escândalo da alegada fuga ao fisco de Cristiano Ronaldo, o Real Madrid quis distância. Segundo o jornal El Confidencial, o clube pediu a vários órgãos de comunicação social que não colocassem fotos do jogador com a camisola do clube e que se referissem a ele apenas como “jogador português”, ao invés de “capitão do Real Madrid”.

Depois de o fisco espanhol acusar Cristiano Ronaldo de ter evitado de forma “consciente” e “voluntária” o pagamento de cerca de 14,7 milhões de euros em impostos, relacionados com a exploração dos seus direitos de imagem, várias órgãos de comunicação social noticiaram a decisão. Os jornais espanhóis começaram então a receber pedidos para mudar as imagens.

Fisco espanhol acusa Cristiano Ronaldo de fugir aos impostos de forma “consciente”

Real emitiu comunicado

Entretanto, esta quarta-feira o clube divulgou um comunicado onde demonstra total apoio ao jogador e se diz “absolutamente convencido da sua inocência”.

O Real Madrid mostra plena confiança no nosso jogador Cristiano Ronaldo, que entendemos que tenha atuado conforme a lei aquando do cumprimento das suas obrigações fiscais”, lê-se no comunicado. O clube acrescenta esperar “que a justiça atue da forma mais rápida possível para que seja mostrada a sua inocência o quanto antes”, conclui o clube.

Em causa estão quatro alegados crimes, cometidos entre 2011 e 2014, segundo a denúncia apresentada em tribunal pela secção de delitos económicos da autoridade tributária de Madrid. A grande fatia dos rendimentos por declarar diz respeito ao ano de 2014, em que estão em causa 8,5 milhões de euros. Em 2011 foram cerca de 1,4 milhões de euros; em 2012 foram 1,6 milhões; e, em 2013, Ronaldo terá omitido 3,2 milhões de euros.

Cristiano Ronaldo pode incorrer numa multa superior a 28 milhões de euros e em prisão efetiva de um mínimo de sete anos.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Cristiano Ronaldo

Ronaldo, para além de todos os limites

Paulo de Almeida Sande
786

Não sei se Cristiano Ronaldo cumpriu ou não integralmente as suas obrigações fiscais face à lei espanhola. Mas sei que tem direito – como qualquer cidadão – a um julgamento justo.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site