Greve

Greve nos registos e notariado com adesão próxima dos 100%

A adesão à greve dos trabalhadores dos registos e do notariado está próxima dos 100%. A paralisação começou na quarta-feira e só termina no sábado.

Observador

A adesão à greve dos trabalhadores dos registos e do notariado está esta sexta-feira próxima dos 100%, segundo um balanço do sindicato do setor que a convocou.

A greve, que começou na quarta-feira e termina no sábado, foi convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores dos Registo e do Notariado (STRN), que indicou uma adesão de 90% no primeiro dia e superior na quinta-feira.

“Os trabalhadores dos Registos e do Notariado deram nestes já três dias de greve uma clara demonstração que apoiam e se revêm as propostas que o STRN apresentou”, diz o sindicato em comunicado.

O STRN acrescenta que “conta com o apoio da esmagadora maioria dos trabalhadores para as próximas reuniões com a tutela”.

O STRN, com mais de quatro mil associados, protesta pela não inclusão das reivindicações no projeto de revisão das carreiras e exige nomeadamente a licenciatura em Direito para ingresso na carreira dos Oficiais dos Registos.

O sindicato quer também o reconhecimento dos oficiais dos Registos que desempenham tarefas com “o grau de complexidade funcional 3”, já que, desde sempre, os oficiais dos registos substituem os conservadores.

E ver resolvidos problemas relacionados com condições de trabalho e abertura de concursos, ou integração dos trabalhadores do notariado e adjuntos nas respetivas carreiras.

Segundo o sindicato, a secretária de Estado da Justiça, Anabela Pedroso, assumiu na última reunião com o STRN, o envio até ao dia de hoje (o que ainda não aconteceu) da calendarização de reuniões.

No comunicado o sindicato avisa que não aceita discutir matérias tão importantes para a vida de todos os trabalhadores sob nenhum tipo de pressão, “em especial a do pouco tempo para análise conveniente das propostas”.

“Assim, o STRN entende que o Governo deve assumir, com responsabilidade e transparência, uma calendarização que dê, ao Sindicato e aos trabalhadores, tempo suficiente para a análise de todas as propostas, as quais devem ser enviadas o mais rapidamente possível”, diz-se no comunicado.

A greve termina no sábado. A generalidade dos serviços de registos e notariado funciona durante a semana.

Aos sábados há apenas serviços a funcionar nas lojas do cidadão e nas maternidades.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Debate

Desimportantizar os caraoqueiros

Paulo Tunhas

O pensamento-karaoke funciona como obstáculo a que se procure entender o que se passa à nossa volta. Os caraoqueiros estão-se, de resto, nas tintas. Só querem caraocar mais alto do que os outros.

Ribeiro e Castro

O apagamento da história e o futuro do CDS

Abel Matos Santos

Agora que o PSD escolheu Rui Rio, defensor da eutanásia, o CDS só poderá afirmar-se e ganhar espaço se deixar o pragmatismo envergonhado que o separa da afirmação plena da razão para o qual foi criado

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site