Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Não falta muito para começar a roer as unhas, puxar pelos cabelos e gritar com voracidade. O Campeonato do Mundo de 2014 está a escassos momentos de começar e, enquanto espera, queremos puxar pela emoção. É sabido que há marcas de renome internacional que não olham a meios para impressionar e apoiar algumas seleções. O resultado? São muitos os anúncios relativos ao evento desportivo que andam a circular pela Internet. Há de tudo um pouco, mas quisemos mostrar cinco (bons) exemplos. Os vídeos dão para rir ou chorar e prometem pôr os nervos em franja. Qual deles o melhor? A decisão final é sua.

 

“Antes dos golos, antes da glória, há um jogo invisível que é jogado no balneário. É assim que o jogo é ganho”, Beats by Dre.

A empresa americana de produtos audio, Beats by Dre, apostou num anúncio dedicado ao futebol e acabou por fazer concorrência a grandes marcas do desporto – a Nike e a Adidas que se cuidem. O vídeo The Game Before The Game conta a história dos eventos que antecedem o primeiro grande jogo e tem como protagonistas o brasileiro Neymar, o mexicano Javier Hernández e o francês Bacary Sagna, entre outras estrelas. Submetido a 5 de junho, no Youtube, conta com quase 9 milhões de visualizações. Para a revista Time, este é um dos 5 minutos mais bem gastos referindo-se à duração do vídeo. O Buzzfeed concorda, com um rasgado e simples elogio – “épico”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

The Game Before The Game – Beats by Dre

A Nike lançou recentemente a terceira parte da campanha “riskeverything”. O vídeo tem por base versões animadas de Wayne Rooney, Cristiano Ronaldo, Zlatan Ibrahimovic e Franck Ribéry, além de outros jogadores facilmente reconhecíveis. The Last Game, como é apelidado, começa por mostrar um conjunto de rapazes a jogar à bola em plena favela, numa esforçada e criativa tentativa de imitar os ídolos do futebol. Num período de 5 minutos, as grandes estrelas do mundial perdem os jogos e a fama para clones maléficos que ambicionam roubar a espontaneidade e o risco ao desporto. O lendário Ronaldo, versão brasileira, vem salvar o dia. No entanto, no “jogo final”, o derradeiro golo cabe à vedeta portuguesa. Disponível no Youtube desde 9 de junho, contabiliza perto de 30 milhões de visualizações.

The Last Game, Nike

Caso seja sensível e facilmente corra o risco de verter lágrimas, este anúncio não é para si. A Coca Cola leva a emoção ao máximo no vídeo que se dedica ao “abraço do alma”, tido como o abraço mais famoso da história do futebol. Estávamos no Campeonato do Mundo de 1978, na Argentina. Na final, o país que recebe o evento sagra-se vencedor, ao derrotar a Holanda por 3-1. Os jogadores Ubaldo Fillol e Alberto Tarantini unem-se num abraço sofrido. O adepto Victor Dell’Aquila, de braços amputados devido a um acidente, junta-se aos campeões e, sem se aperceber, ajuda a imortalizar um retrato único. Passados 35 anos, a marca de refrigerantes reúne o trio no mesmo relvado, onde em tempos se gritou “vitória”. O resultado? Não chorar vai ser difícil.

O Abraço da alma – Coca Cola

Ao todo, são quatro anúncios. Os três primeiros foram dedicados aos países que o Chile vai ter pela frente. Ao país da América do Sul cabe a responsabilidade de defrontar o grupo B, tido como o segundo mais difícil do mundial de 2014. Inclui países como Austrália, Espanha e Holanda. De meter medo, certo? A cerveja Cristal levou a ideia da psicologia invertida à letra e criou toda uma campanha com o slogan “Chile mete medo”. Este é o vídeo mais recente e o resultado está, literalmente, à vista.

Chile Mete Medo – Cerveja Cristal

Ainda por terras chilenas, destaque para o vídeo criado pelo Banco do Chile, patrocinador da seleção, que mostra os sobreviventes da tragédia mineira, ocorrida em 2010, quando 33 mineiros ficaram soterrados.

Anúncio Mineiros – Banco do Chile