O grupo extremista sunita do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ISIS, na sigla inglesa) assumiu o controlo de uma antiga fábrica de armas químicas do regime de Saddam Hussein, revelaram fontes norte-americanas na quinta-feira.

“Temos conhecimento de que o ISIS ocupou o complexo Al Muthanna”, disse a porta-voz do departamento de Estado, Jen Psaki, em comunicado.

A mesma responsável salientou, contudo, não acreditar que o ISIS esteja habilitado para produzir armas químicas, até porque todo o equipamento que possa existir no complexo é antigo ou está inutilizado.

O complexo está localizado a 70 quilómetros a norte de Bagdade, o que mostra que o grupo da insurgência sunita já está às portas da capital iraquiana depois de, nas últimas semanas, ter assumido o controlo de importantes cidades no norte do país, como Mossul, a segunda maior cidade do Iraque.