Governo

Ministro da Defesa é primeiro-ministro por dois dias

Visitas ao estrangeiro de Passos, Portas e Machete e férias de Maria Luís Albuquerque colocam Aguiar-Branco a mandar no Governo.

Aguiar-Branco substitui Passos Coelho

Natacha Cardoso

Autor
  • Catarina Falcão

Quem é o primeiro-ministro de Portugal? A resposta óbvia é Pedro Passos Coelho, mas vale a pena pensar outra vez. Atualmente, o primeiro-ministro está em Díli para a cimeira da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) e o país tem de ter um chefe de Governo presente no território. Cabe então a José Pedro Aguiar-Branco assumir essa função até quarta-feira devido a uma série de coincidências entre férias e deslocações internacionais de outros ministros.

A seguir a Passos Coelho na hierarquia do Governo vem Paulo Portas, vice-primeiro-ministro, mas este também está fora do país numa deslocação a uma feira comercial em Angola. As próximas hipóteses seriam Maria Luís Albuquerque, ministra das Finanças, e Rui Machete, ministro dos Negócios Estrangeiros, mas a primeira está de férias até dia 5 de Agosto e Machete está também em Díli para participar no encontro de ministros dos Negócios Estrangeiros dos países da CPLP.

Aguiar-Branco é o ministro que se segue na ordem de importância e, assim, o ministro da Defesa vai ser chefe de Governo até quarta-feira. Marcelo Rebelo de Sousa lembrou este facto no seu espaço de comentário semanal na TVI e disse que o país ficavam em “boas mãos”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eleições Europeias

Da recuperação da esperança

Filipa Osório

O único factor que efectivamente pode combater a abstenção é a qualidade política. Assim, é importante mostrar ao eleitorado não o prolongamento do sistema, mas sim as existentes alternativas.

Investimento público

A tragédia de Pedro Marques

Inês Domingos
181

Com um quadro Centeno confessou inadvertidamente como foi um dos principais responsáveis pelo desastre de atuação de Pedro Marques, sendo que este também não foi capaz de aplicar os fundos de Bruxelas

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)