“O sonho comanda a vida”, já dizia o poeta Fernando Pessoa, mas há sonhos só acessíveis a vidas muito valiosas. Ou seja, a bolsos muito recheados. As corretoras de imóveis Knight Frank e Engel & Volkers analisaram vários espaços em solo europeu e chegaram às dez moradas mais caras do velho continente.

O valor do metro quadrado em locais como o Kensington Palace Gardens, em Londres, pode ultrapassar os 154 mil euros. O local está muito próximo da residência do príncipe William e de Kate Midleton, o que pode ter contribuído para encarecer o espaço. A revista brasileira Veja noticia que um apartamento naquele bairro foi recentemente vendido por 177 milhões de euros, um valor “recorde” para a capital inglesa.

Em Paris, o triângulo formado pelas avenidas Montaigne, George V e Champs-Élysées corresponde à região mais valiosa da capital francesa. O metro quadrado pode custar mais de 40 mil euros.

Munique, na Alemanha, também têm regiões que são verdadeiros tesouros. Em Mullerstrasse e Herzogpark , o metro quadrado pode custar mais de 25 mil euros.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A capital italiana também tem o seu espaço nesta eleição. Piazza di Spagna e Piazza Navona são os espaços mais caros de Roma. Lá, o metro quadrado pode variar entre 11 mil e 12 mil euros.

Além da capital, Itália conta também com um pequeno tesouro em Veneza . O Grande Canal da cidade é um dos espaços de “maior prestígio da cidade italiana”, classifica a mesma revista, com o metro quadrado a custar mais de 14 mil euros.

Ostozhenka. O nome não é imediato, e a fortuna em que este canto está avaliada também não – o metro quadrado pode chegar aos 28 mil euros. Fica em Moscovo na Rússia, e chegou a ultrapassar a Quinta Avenida, em Nova Iorque, como um dos endereços mais caros do mundo em 2013, segundo dados da Knight Frank.

As ruas Kaasgrabengasse e Tuchlauben estão entre as mais caras da Europa. Na cidade de Viena, Áustria, os dois espaços têm o metro quadrado avaliado em mais de 30 mil euros.

É preciso ter entre 30 mil e 50 mil euros para conseguir um metro quadrado em Chemin de la Boucle, Chemin de Ruth, Rue de Granges e Rue du Rhône. Onde? Em Genebra, na Suíça. E em Pilatusstrasse e Gold Coast (lago de Zurique), no mesmo país, o metro quadrado pode atingir 21 mil euros.

O Mónaco é um destino que também está incluído nas moradas mais valiosas. As avenidas Princesse Grace e d’Ostende estão entre os endereços mais caros do país, com o metro quadrado nos 100 mil euros.