Dois civis morreram esta quarta-feira na sequência de combates na cidade de Donetsk no Leste da Ucrânia, onde separatistas e forças governamentais lutam pelo controlo do aeroporto, disseram fontes autárquicas à France Presse.

Ainda não se sabe a hora exata a que ocorreram as duas mortes mas, de acordo com a France Presse, tratam-se possivelmente das primeiras vítimas após terem sido aprovados na terça-feira pelo Parlamento de Kiev os projetos de lei que garantem maior autonomia a algumas regiões da zona Leste do país.

A autarquia de Donetsk comunicou que os dois civis foram mortos esta semana e três habitantes da cidade ficaram feridos num mercado que foi atingido pelo fogo de artilharia.

No total, 30 pessoas, entre civis e militares morreram no Leste da Ucrânia desde as tréguas assinadas no dia 05 de setembro, a maior parte na região de Donetsk.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O aeroporto da cidade, que se encontra sob controlo das forças governamentais após as batalhas de maio, tem sido palco de violentos combates.

Até ao momento, não há informações sobre eventuais baixas entre as fileiras dos separatistas que lutam pela independência de Donetsk desde maio.