A iniciativa, com início marcado para as 10h00, tem como objetivo assinalar o Dia Europeu do Enoturismo e “projetar” os vinhos de Portalegre junto dos turistas que visitam a cidade alentejana.

“Nós queremos divulgar, acima de tudo, os vinhos de excelência que temos nesta região, que, segundo dizem os entendidos, são diferentes de todos os outros produzidos no Alentejo”, disse hoje à agência Lusa a presidente da Câmara de Portalegre, Adelaide Teixeira. A autarca salientou que o caminho da região “rumo ao futuro” passa por “apostar nos produtos tradicionais”, sendo o vinho considerado um dos “embaixadores” de Portalegre.

Cada prova de vinhos terá o valor de um euro, a cobrar ao visitante pela adega. Ao pagar um euro, o visitante tem também direito a uma visita guiada ao museu ou espaço cultural onde se realiza a prova de vinho. “Ao mesmo tempo que divulgamos os vinhos de Portalegre, damos também a conhecer os nossos museus e espaços culturais que são extremamente ricos”, disse a autarca.

A iniciativa vai decorrer na Casa Museu José Régio, castelo de Portalegre, Museu Municipal, Museu da Tapeçaria Guy Fino, Núcleo Museológico da Antiga Igreja do Convento de São Francisco e no Posto de Turismo/Galeria de São Sebastião, envolvendo sete adegas do concelho.

De acordo com o município de Portalegre, cada participante na iniciativa, ao fazer o percurso pelos vários locais de provas, receberá um passe, que será carimbado com o selo da respetiva adega, ficando habilitado a receber um cabaz de vinhos das sete adegas.