Testes genéticos confirmaram a presença de uma estirpe H5 do vírus numa quinta na prefeitura de Yamaguchi, no sudoeste da ilha principal de Honshu, depois de o proprietário ter reportado, na segunda-feira, a morte repentina de cerca de vinte aves de capoeira, informou o Ministério da Agricultura.

As autoridades iniciaram o abate e solicitaram às quintas localizadas num raio de dez quilómetros em torno da propriedade afetada para não transportarem as aves para fora daquela zona geográfica.

Medidas idênticas foram colocadas em marcha na segunda-feira em Miyazaki (ilha meridional de Kyushu), onde um outro surto de gripe aviária foi detetado, obrigando ao abate de 42.000 frangos.

Um caso anterior, ocorrido em meados do mês a cerca de cem quilómetros, na mesma prefeitura, foi o primeiro a ser detetado desde abril.

“Nós continuaremos a tomar todas as medidas necessárias se forem confirmados outros surtos”, garantiu hoje o porta-voz do Governo nipónico, Yoshihide Suga, por ocasião de uma reunião ministerial convocada precisamente para discutir o problema.