Pelo menos 10 pessoas morreram e outras 13 ficaram feridas quando um “rocket” atingiu um autocarro que circulava junto a um posto de controlo das forças ucranianas na região rebelde de Donetsk, no leste da Ucrânia. O autocarro circulava nas proximidades do posto de controlo de Volnovaja, informou Elena Maliutina, assessora de imprensa do governo regional de Donetsk, leal a Kiev.

Viacheslav Abroskin, chefe da polícia regional de Donetsk, disse que o ataque foi realizado pelos separatistas pró-russos e tinha como alvo o posto de controlo das forças ucranianas junto a Volnovaja, a 50 quilómetros de Donetsk, controlada pelos rebeldes.

O responsável policial indicou que o “ataque com artilharia contra um posto de controlo das forças da ordem ucranianas” foi lançado cerca das 14h30 (12h30 em Lisboa). Os separatistas negaram o seu envolvimento no ataque, referindo que “o posto ucraniano de Volnovaja se encontra numa zona fora do alcance” da artilharia da autoproclamada República Popular de Donetsk.

Kiev e os separatistas voltaram a acusar-se mutuamente de violarem a trégua acordada a 09 de dezembro. Os rebeldes assinalaram que “nas últimas 24 horas se registaram 66 violações das tréguas” por parte das tropas governamentais, enquanto Kiev referiu 84 violações por parte das milícias pró-russas.

Perto de 5 mil pessoas morreram nas regiões ucranianas de Donetsk e Lugansk desde meados de abril de 2014, quando eclodiu na região uma rebelião pró-russa contrária à mudança de poder em Kiev.