Se entrou no novo ano a pensar que tinha de reduzir a tensão no trabalho e ainda não o conseguiu fazer, então este texto é para si. A revista Time apresenta três recomendações simples.

Só você sabe o que realmente resulta

A Associação Americana de Psicologia diz que a maior parte das estratégias usadas pelas pessoas mostram-se ineficazes, segundo as próprias pessoas que as usam. A mesma associação assume que as estratégias que podem ser mais eficazes estão relacionadas com saúde e bem-estar – fazer exercício, ler, ouvir música, passar tempo com amigos, rezar ou meditar – e menos com os consumos – fazer compras, beber, comer, fumar, jogar ou ver televisão. Experimente e faça a melhor escolha.

Tenha controlo da situação

O stress não é causado pelo que nos acontece, mas pela forma como lidamos com a situação, diz a Time. Portanto só tem de sentir que tem a situação sob controlo, mesmo que não seja verdade. Planeie o trabalho que pretende desenvolver em cada dia com antecedência, mantendo presente o que é esperado de si e o que pode realmente cumprir. Acima de tudo, não leve o trabalho ou as preocupações para casa, nem se proponha a mais do que é viável cumprir.

O stress faz bem

Muita pressão e prazos apertados matam a criatividade e deixa as pessoas demasiado ansiosas. Mas estar absolutamente descontraído e não ter datas a cumprir também não favorece a produtividade. Estabeleça datas, que o obriguem a trabalhar com um bom ritmo, mas sem entrar em rutura. O truque é conseguir ligar e desligar o stress consoante os momentos em que lhe é mais conveniente – como um lutador de boxe que descansa durante um breves momentos e depois volta ao ringue com toda a energia.