O diploma para a trasladação dos restos mortais do futebolista Eusébio da Silva Ferreira para o Panteão Nacional foi hoje agendado para o dia 20 de fevereiro, a seguir ao debate quinzenal com o primeiro-ministro.

A informação foi prestada aos jornalistas pelo porta-voz da conferência de líderes parlamentares, o deputado social-democrata Duarte Pacheco.

A decisão de trasladar os restos mortais de Eusébio para o Panteão Nacional reúne a unanimidade dos partidos com assento parlamentar.