Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

DJ Overule, homem bem conhecido das cabines do Norte (e não só), pegou num original de O.T Genasis, intitulado “Coco”, e chamou Philly Gonzalez e Landu Bi para, por cima desse instrumental, exultarem as virtudes da antiga, mui nobre, sempre leal e invicta cidade do Porto. O resultado é uma viagem tão musical como visual pela cidade, que passa pela Torre dos Clérigos, Palácio de Cristal, Avenida dos Aliados, faz uma incursão pela Ribeira e pela Ponte Dom Luís, vai à pérgula da Foz, e nem sequer esquece o Café Santiago, onde se serve uma das melhores francesinhas da cidade. Tudo isto enquanto se declara o amor pelo Porto,”para o certo e para o torto”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR