Os árbitros da Primeira e Segunda Ligas de futebol deram entrada na Liga Portuguesa de Futebol de um pedido de dispensa de jogos para as últimas cinco jornadas. Caso se confirme a paralisação dos árbitros, pode estar em risco o fim do campeonato português e um dos jogos decisivos: o Benfica-FC Porto no Estádio da Luz.

A notícia avançada pela Rádio Renascença dá conta que o protesto dos árbitros tem como origem o não pagamento do valor que diz respeito ao patrocínio da Liga de Clubes, que os juízes exibem na camisolas. O primeiro pagamento aos árbitros era para ter sido feito em dezembro e o segundo este mês. Nenhum dos dois foi feito.

A decisão dos árbitros pode colocar em risco alguns desafios importantes, nomeadamente o Benfica-FC Porto, no Estádio da Luz, que está marcado para o fim-de-semana 25 e 26 de abril e é decisivo para as contas do campeonato, uma vez que os dois clubes continuam separados por apenas três pontos.

Caso o impasse se mantenha, o Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, liderado por Vítor Pereira, tem de recorrer a árbitros da Segunda Categoria ou, até, a árbitros estrangeiros.