O fotógrafo Eduardo Leal foi premiado com o prémio Sony World Photography Award pelo projeto “Plastic Trees”, na categoria “Campanha”. O português tem documentado fotograficamente questões sociais, políticas e ambientais da América Latina, o que lhe valeu o terceiro lugar no concurso promovido pela World Photography Organisation.

“Plastic Trees” retrata a poluição provocada pelos sacos de plástico que chegam ao planalto boliviano, onde destroem os campos agrícolas e colocam em risco a vida animal da região. Na fotografia, um arbusto típico da Bolívia está coberto por sacos de plástico que se movem com o vento. De acordo com a descrição oficial, este é o resultado do consumo de 1 milhão de sacos de plástico por minuto nos países desenvolvidos. Como demora pelo menos duas centenas de anos a degradar-se, o plástico tornou-se na maior fonte de poluição do mundo.

Os prémios Sony World Photography são entregues desde 2007 para “reconhecer e recompensar as melhores fotografias contemporâneas do ano”. Este ano, a organização responsável pela atribuição dos prémios recebeu mais de 173 mil propostas vindas de 171 países. Na fotogaleria, pode conhecer os vencedores deste prémio nas diversas categorias.