Cinco peregrinos que se dirigiam para Fátima morreram esta madrugada de sábado no IC2, em Cernache, Coimbra, colhidas por um carro que se despistou, disse à Lusa fonte dos bombeiros de Condeixa. Há ainda quatro feridos, três dos quais em estado grave.

As vítimas integravam um grupo de 80 peregrinos de Mortágua quando pelas quatro da manhã “nove foram colhidas, quatro faleceram no local e uma morreu a caminho do hospital”, afirmou Fernando Gonçalves, comandante dos bombeiros voluntários de Condeixa.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra há a registar ainda mais cinco feridos, elevando o total para 10 vítimas, que foram transportados para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

De acordo com o Destacamento de Trânsito de Coimbra da GNR, as vítimas mortais têm entre os 17 e os 53 anos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O acidente ocorreu hoje às 04:00 no IC2, quando uma viatura que seguia no sentido Coimbra/Condeixa se despistou colhendo os peregrinos, que seguiam a pé no mesmo sentido, mas na faixa contrária. Atualmente, a via está desimpedida e o trânsito a circular normalmente, à exceção de uma das vias, que está encerrada desde quarta-feira precisamente para permitir a circulação de peregrinos.

Os restantes 70 peregrinos do grupo foram acolhidos no quartel dos Bombeiros Voluntários de Condeixa, onde estão a ser acompanhados por psicólogos da Câmara Municipal e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Está a ser providenciado transporte destes peregrinos para Mortágua num autocarro da Câmara de Condeixa e outro da Câmara de Mortágua.

No local, estiveram os Bombeiros Sapadores de Coimbra, os Bombeiros Voluntários de Condeixa, o INEM e a GNR, num total de 51 elementos, ajudados por 22 viaturas.