A Polícia angolana deteve uma cidadã da República Democrática do Congo (RDCongo), na cidade do Soyo, província do Zaire, pelo suposto rapto de quatro crianças, que seriam vendidas a fazendeiros em Luanda.

Um comunicado da polícia distribuído hoje à imprensa refere que a mulher, de 33 anos, foi encontrada com as crianças, com idades entre os 11 e 14 anos, alegadamente raptadas na localidade de Kánanga-Kassai, no leste da RDCongo.

De acordo com a polícia, as crianças teriam como destino a capital angolana, para serem entregues a fazendeiros, em troca de mil dólares (878 euros) cada uma.

“Esta cidadã vive atualmente em Luanda. A sua detenção contou com a colaboração dos populares que denunciaram o facto às autoridades policiais”, refere o documento, citado hoje pela agência noticiosa angolana, Angop.

O documento acrescenta que o processo-crime corre os seus trâmites legais, devendo nos próximos dias ser encaminhado ao tribunal provincial.