https://youtu.be/sKZCcVKVHws

Aos 65 anos, Bruce Jenner, que foi campeão olímpico e tido como um herói norte-americano, confessou ao mundo, numa entrevista a Diane Sawyer, no canal ABC, que se encontrava nas etapas finais para a sua mudança de sexo.

Na edição de julho da revista Vanity Fair, a transformação era total, Bruce surgiu mais produzido, de vestido de gala, e fez anunciar que não seria mais Bruce, mas Caitlyn Jenner.

O novo número da famosa revista norte-americana só sai dia 9, mas as reacções, principalmente nas redes-socais, foram imediatas. Tanto, que em poucos dias, a recém criada página de Caitlyn no Twitter ultrapassou os dois milhões de seguidores.

“Quantos de nós passam pela vida e desperdiçam-na, porque nunca souberam lidar consigo e ser quem realmente são?”

Foi desta forma que Jenner apresentou o seu novo programa de TV. “I am Cait” estreia a 26 de julho no E! Entertainment (o canal é transmitido em Portugal na grelha da Meo, NOS, Vodafone e Cabovisão). Mas esta não é a primeira vez que o transgénero Caitlyn é protagonista num reality show.

Desde 2007 que o programa “Keeping Up with the Kardashians” é transmitido — nem de propósito — no E!, e o sucesso de audiências é tal, que vai já na décima temporada. Kendall e Kylie Jenner, as filhas de Bruce e Kris Kardashian são as novas estrelas do programa, tomando o protagonismo às irmãs (e enteadas de Bruce) Kourtney, Kim e Khloé Kardashian.