Inglaterra

Entre no maior projeto de engenharia civil da Europa

1.571

Já terminou a construção dos novos túneis do percurso do metropolitano de Londres. São dezenas de quilómetros escavados a 40 metros de profundidade durante 24 horas por dia. Vão abrir em 2018.

Dan Kitwood/Getty Images

É o maior projeto de engenharia civil a decorrer na Europa e está enterrado a 40 metros de profundidade. Os túneis metropolitanos de Londres estão a ser aumentados para ligar a capital inglesa ao aeroporto de Heathrow, a Reading (no oeste) e a Essex (no oeste). Os novos percursos vão ter cerca de 50 quilómetros, numa obra que dura desde 2009, tem fim previsto para 2018 e vai custar 18 mil milhões de euros.

Foram necessárias oito máquinas de escavação para criar os túneis. Têm mais de seis metros de diâmetro, todas elas coordenadas por grupos que trabalham, em turnos, durante 24 horas por dia. No total, já foram removidas 3,4 milhões de toneladas de terra, um valor que vai ainda duplicar e ser depositado numa reserva natural com 607 hectares.

A expansão dos percursos metropolitanos em Londres corresponde a 10% das linhas já existentes, contabiliza a CNN, e vai facilitar a mobilidade de 1,5 milhões de pessoas que estarão assim mais próximas do centro da cidade. Contando com o fluxo turístico destas regiões, espera-se que 200 milhões de pessoas utilizem estes percursos por ano.

Vão existir dez estações de metro novas: duas em Paddington e as outras em Bond Street, Tottenham Court Road, Farringdon, Liverpool Street, Whitechapel, Canary Wharf, Custom House e Woolwich. Todas elas terão espaço suficiente para receber comboios com 200 metros de comprimento.

station-navigator

Mas a construção das novas estações de metro lodrinas também trouxe surpresas: por baixo da estração de Liverpool Street foram descobertas 20 caveiras da época romana que podem ter origem num cemitério que existia neste local no século XVI. Alguns arqueólogos especulam que estes podem ser os corpos dos soldados que lutaram contra o Império Romano sob ordens da rainha Boadiceia em 60 d.C., conta a CNN. As caveiras vão ser analisadas pelo Museu de Arqueologia de Londres.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
PS

O terrível regresso da "Europa da troika" /premium

Miguel Pinheiro

Nas eleições europeias, o PS é contra a "Europa da troika", contra a "Europa dos populistas" e contra a "Europa do Brexit". Ou seja: é uma soma de confusões, contradições e baralhações.

Venezuela

Um objeto imóvel encontra uma força imparável

António Pinto de Mesquita

Num dos restaurantes mais trendy de Madrid ouve-se o ranger de um Ferrari que para à porta. Dele sai um rapaz novo, vestido com a última moda. Pergunta-se quem é. “É filho de um general venezuelano”.

Venezuela

Um objeto imóvel encontra uma força imparável

António Pinto de Mesquita

Num dos restaurantes mais trendy de Madrid ouve-se o ranger de um Ferrari que para à porta. Dele sai um rapaz novo, vestido com a última moda. Pergunta-se quem é. “É filho de um general venezuelano”.

Enfermeiros

Elogio da Enfermagem

Luís Coelho
323

Muitos pensam que um enfermeiro não passa de um "pseudo-médico" frustrado. Tomara que as "frustrações" fossem assim, deste modo de dar o corpo ao manifesto para que o corpo do "outro" possa prevalecer

Poupança

O capital liberta

André Abrantes Amaral

É do ataque constante ao capital que advêm as empresas descapitalizadas, as famílias endividadas e um Estado sujeito a três resgates internacionais.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)