Detox

Detox a dobrar, por dentro e por fora

118

Seja por causa do stress ou de gorduras acumuladas, na próxima ida ao spa pode aproveitar para fazer um detox geral. No novo programa do hotel Pestana Palace, faz as massagens e leva os sumos.

Autor
  • Ana Dias Ferreira

Há muito tempo que a poção mágica do spa do hotel Pestana Palace, em Lisboa, são os seus próprios produtos. Coisas como um rescue gel à base de cânfora, mentol e arnica (uma flor conhecida pelas suas propriedades anti-inflamatórias), indicado para dores musculares ou de cabeça, ou um smooth body butter que mais não é do que uma manteiga corporal com proteínas de seda e camélia japonesa (rica em colagénio vegetal) que ajuda a garantir uma pele mais firme. Não há caldeirões a misturar tudo — seria de estranhar se houvesse num hotel de cinco estrelas –, antes uma marca própria que leva mesmo esse nome, Magic Potion, e que é uma das estrelas do novo Magic Detox, um programa feito de fora para dentro, isto é, com massagens mas também sumos especializados, para beber em casa.

A magia é esta: vai ao spa, recebe os produtos de beleza que acompanham o programa e faz uma consulta de lifestyle para perceber o seu estilo de vida: “quais os hábitos alimentares, se faz exercício, se fuma, quantas horas de sono dorme…”, explica uma das terapeutas, que avança também que as principais razões de queixa de quem procura um detox são “o stress, a má circulação e as gorduras localizadas”.

A partir da consulta ajusta-se o programa, que pode ser de um dia (195€), três (480€) ou até cinco (650€). Independentemente da duração, todos incluem um pacote mind & body detox — “uma exfoliação corporal com açúcar e maracujá, uma massagem detox & slim desintoxicante e anticelulítica que inclui malagueta vermelha, e um tratamento facial a la carte , para além de um kit de sumos naturais que substituem as refeições, sumos esses criados por uma marca especializada que acabou de chegar ao mercado, a DO! Detox Original

Fazer um detox é como limpar a casa de xis em xis tempo, porque a casa suja-se”, diz Sofia Franco, responsável de marketing da DO!. 

Para limpar o organismo “sem o obrigar a fazer jejum”, a marca criou os seus programas com a ajuda do monge indiano Dada Dhyanananda, especialista em nutrição ayurveda. E não esqueceu o aspeto prático: todas as embalagens estão numeradas consoante a ordem a que os sumos devem ser bebidos, para além de indicarem a hora e os ingredientes que, combinados, prometem não só libertar toxinas mas também oxigenar o sangue, diminuir o peso ou aumentar a vitalidade física e mental. 

Pack DO! 1º Detox

O programa de um dia inclui estes cinco sumos.

Para a magia acontecer, esta é a varinha mágica. Implica algum dinheiro e alguma força de vontade, sobretudo na parte de só beber sumos, porque as massagens, claro, não custam nada. 

Morada: Pestana Palace: Rua Jau, 54 (Lisboa)
Horário do spa: Todos os dias das 9h00 às 20h00
Preço dos pacotes: 195€ (um dia), 480€ (três) ou 650€ (cinco), com os sumos incluídos.
Reservas: 213 615 600

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Governo

A famiglia não se escolhe? /premium

Alberto Gonçalves

Se ainda não se restringiu o executivo aos parentes consanguíneos ou afins do dr. Costa, eventualidade que defenderia com empenho, a verdade é que se realizaram amplos progressos na área do nepotismo

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)