O deputado socialista Tiago Barbosa Ribeiro pediu hoje desculpa, via Twitter, pela reação da passada terça-feira às declarações de Cavaco Silva, em que dizia, também num tweet, que o Presidente da República era um “gangster”. Agora Barbosa Ribeiro afirma que esse tweet foi “imprudentemente publicado”. “Exploração à parte, reconheço-o e apresento desculpa”, acrescentou. 

O deputado socialista reagia, então, às declarações de Cavaco Silva durante a visita oficial à Madeira, em que o PR comparava a atual situação política com aquela que se vivia em 2011. Cavaco Silva afirmou que as condições de hoje são “muito mais favoráveis”, financeiramente falando, que as de há 4 anos e que existe “uma almofada financeira de dimensão substancial” enquanto em 2011 esta era “exígua” e “assustadora”. 

Gabriela Canavilhas subescreve quem apelida Cavaco de “múmia”

As mesmas declarações que suscitaram a acusação de Tiago Barbosa Ribeiro ao Presidente da República, levaram a antiga ministra da Cultura do governo de Sócrates, a desejar puder assinar um comentário no Diário de Notícias, em que Cavaco Silva é apelidado de “múmia”. 

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Nesse comentário, o seu autor afirma: “um repto aos partidos da esquerda (PS, PCP e BE): Ignorem a múmia e quando o próximo PR tomar posse (…) não lhe apertem a mão, deixem-no a falar sozinho”. É este o comentário a que Gabriela Canavilhas se refere no seu tweet, o qual não pode assinar porque já tinha sido escrito. 

* Texto editado por Filomena Martins