Regras são regras. E elas são para se cumprir. Ou não – há quem defenda que as regras foram feitas para serem quebradas, mas há países onde isso pode sair muito caro aos recalcitrantes. Discordando-se ou não, na Coreia do Norte existem algumas leis centradas no culto da personalidade do líder. Ou seja, as pessoas devem jurar lealdade e prestar homenagem ao seu líder máximo, atualmente Kim Jong-un, e, principalmente, ao fundador do país, Kim Il-sung. E quando se entra nesta área até é preciso ter atenção ao penteado.

Segundo alguns analistas, o penteado adotado por Kim Jong-un remete para o utilizado pelo seu avô. Verdade ou não, o facto é que agora os homens com cabelo comprido na Coreia do Norte têm que o cortar à semelhança do seu líder. Ou seja, há que ter o cabelo igual ao governante norte-coreano.

circa 1950: Kim Il Sung, Prime Minister of the Korean People's Democratic Republic and Secretary General of the Korean Workers Party. (Photo by Three Lions/Getty Images)

Kim Il-sung é o avô do atual líder norte-coreano e diz-se que o neto copiou o seu penteado em sua homenagem. Créditos: Three Lions/Getty Images

De acordo com o que conta o The Telegraph, o jornal sul-coreano Chosun Ilbo revelou que as autoridades de Pyongyang lançaram uma ordem que obriga os homens a manter o cabelo com um máximo de 2 cm de comprimento. Para além disso têm de copiar algumas características do cabelo de Kim, como o seu penteado em popa que se estende para trás, com a zona acima das orelhas completamente rapada.

Segundo o mesmo jornal da Coreia do Sul, neste momento os “monitores dos estudantes universitários andam com tesouras para cortar o cabelo dos prevaricadores”. 

Mas também as mulheres estão a ser orientadas cortar o cabelo como a mulher do líder, Ri Sol-ju. O Chosun Ilbo refere, no entanto, que há uma exceção: os artistas podem manter os seus penteados.