Dois soldados das Nações Unidas guineenses e um civil foram mortos e 14 ficaram feridos num ataque com um ‘rocket’ a um acampamento da ONU no Mali (Minusma), em Kidal (nordeste), segundo uma fonte da ONU e uma fonte local.

“O nosso acampamento foi atacado em Kidal no início desta manhã por terroristas. Eles usaram ‘rockets’ que mataram dois elementos da força de paz da nacionalidade guineense” e ainda um “elemento civil”, disse à agência noticiosa AFP um funcionário da Organização das Nações Unidas (ONU), confirmando ainda a informação uma fonte local.

Outra fonte disse ainda à AFP que o ataque provocou mais 14 feridos.