Supostamente, esta altura do ano devia ser uma época tranquila, de pausa e reflexão, de reencontro com os familiares e amigos. Mas a mim acontece-me exatamente o contrário: por aqui este é um dos períodos do ano mais buliçosos, com dias que acabam ainda eu não tinham dado conta de que iam a meio, acrobacias feitas por entre as linhas de uma agenda a ficar sem folhas. Não que eu não goste do Natal, adoro. Só queria era que a azáfama não fosse tanta, que não houvesse tanta contradição entre o espírito da época e a realidade dos dias.

Para fintar a escassez de tempo, que desconfio não ser uma angústia só minha, e porque ainda tenho esperança de que esses momentos de partilha relaxada acabem por chegar nos últimos dias de 2015, trouxe uma receita simples e fácil de fazer. Porque sabe bem receber os amigos com coisas feitas por nós. E neste caso, até os porta-velas são do it yourself: boiões de vidro de iogurte pintados com spray dourado.

Feliz Natal!

folhados_pimento_azeitona_7

Folhadinhos de pimento e azeitona

Para cerca de 20

1 placa de massa folhada retangular
2 pimentos vermelhos assados de conserva (grandes)
75 g de azeitonas pretas descaroçadas
75 g de queijo para gratinar ralado
Óregãos secos qb
Leite para pincelar
Sementes de nigella e/ou de sésamo para polvilhar

Pré-aqueça o forno nos 200º.
Escorra os pimentos e pique-os.
Pique igualmente as azeitonas e misture ambos com o queijo ralado numa taça.
Tempere com óregãos e misture tudo muito bem.
Desenrole a massa folhada e parta-a em 20 quadrados iguais.
Coloque uma pequena porção de recheio no centro de cada quadrado e feche-o, unindo as pontas.Vá colocando-os num tabuleiro de forno forrado com papel vegetal, bem separados entre si, pois vão crescer.
Pincele-os com leite e polvilhe com as sementes.
Leve ao forno cerca de 15/20 minutos ou até estarem bem folhados e a borbulhar.
Sirva-os ainda quentes.

Teresa Rebelo é autora do blogue Lume Brando.