O Ministério Público belga anunciou que fora encontradas impressões digitais de Salah Abdeslam, o único terrorista ainda em fuga dos que estiveram envolvidos nos atentados de Paris no último dia 13 de novembro.

Segundo a Agência Reuters, a descoberta foi feita num apartamento em Schaerbeek, na capital Bruxelas, alugado sob identidade falsa e onde terão sido também encontrados vestígios de explosivos e coletes-bomba artesanais. A pessoa que alugou o apartamento já poderá ter sido presa.

O apartamento foi revistado no dia 10 de dezembro, mas análises efetuadas posteriormente só agora forneceram os respetivos resultados.

A Bélgica está agora mais convencida que terá sido em Schaerbeek que foram organizados os atentados de Paris.