O ambiente no bairro da Ameixoeira, na Alta de Lisboa, onde terça-feira ficaram feridos três polícias e duas civis após um tiroteio, voltou à normalidade, tendo a PSP desmobilizado os agentes que estavam no local.

Segundo adiantou hoje ao início da manhã à agência Lusa fonte do Comando Metropolitano de Lisboa, a Rua António Vilar, onde se registou a troca de tiros e que esteve cortada ao trânsito nos dois sentidos, foi reaberta, enquanto os feridos se mantêm internados no Hospital de Santa Maria, permanecendo a sua situação atual igual às últimas informações prestadas pelo porta-voz da PSP.

A mesma fonte remeteu para mais tarde informações mais detalhadas sobre os acontecimentos do final do dia de terça-feira.

Os três agentes da PSP foram feridos quando tentavam pôr cobro aos confrontos entre famílias no bairro da Ameixoeira, Alta de Lisboa, nos quais foram ainda feridas duas mulheres.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Os três polícias baleados estão fora de perigo e as duas mulheres civis, igualmente feridas, estão estabilizadas, disse à Lusa fonte da PSP.

No bairro foi montado na terça-feira à noite um perímetro de segurança local para a Polícia Judiciária proceder à recolha de vestígios, uma vez que a investigação está agora a seu cargo.

Foi recolhida uma caçadeira, embora não tenham informação de que seja uma arma envolvida nos confrontos.

Não existem, para já, detidos nem suspeitos dos disparos.