438kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Secretário de Estado da Juventude sai em rutura com ministro da Educação

Este artigo tem mais de 5 anos

João Wengorovius Meneses sai da secretaria de Estado da Juventude e do Desporto em "desacordo" com o ministro. Presidente já aceitou a nomeação do socialista João Paulo Rebelo para o lugar.

Wengorovius Meneses sai em desacordo com "política para a juventude e o desporto" e com "modo de estar no exercício de cargos públicos"
i

Wengorovius Meneses sai em desacordo com "política para a juventude e o desporto" e com "modo de estar no exercício de cargos públicos"

Orlando Almeida

Wengorovius Meneses sai em desacordo com "política para a juventude e o desporto" e com "modo de estar no exercício de cargos públicos"

Orlando Almeida

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

João Wengorovius Meneses deixou, esta terça-feira, a secretaria de Estado da Juventude e do Desporto em “profundo desacordo” com o ministro da Educação e disse-o na sua página do Facebook, numa mensagem a horas tardias, onde também deixou votos de sucesso ao Governo.

“Deixo hoje o XXI Governo Constitucional, convicto de que tinha um bom projeto e uma excelente equipa – e de que estávamos no caminho certo – contudo, em profundo desacordo com o Sr. Ministro da Educação no que diz respeito à política para a juventude e o desporto, e ao modo de estar no exercício de cargos públicos“, escreve João Wengorovius Meneses.

O ex-secretário de Estado diz-se contudo “convicto” de que o Governo é “excelente” e “capaz de ser bem sucedido num momento político tão decisivo”, terminando com “votos de sucesso ao Governo” e um agradecimento a “todos os interlocutores da juventude e do desporto, com quem tive oportunidade de trabalhar”.

Antes de tomar posse, João Wengorovius Meneses estava a trabalhar com empreendedores da área da moda, do design e da música. A sua nomeação foi recebida com surpresa por parte de vários agentes do setor e até pelo próprio, como chegou a admitir, em entrevista ao Público: “Em certo sentido foi uma surpresa, mas tenho assumido em momentos diferentes da minha vida profissional diversos desafios para os quais não estaria à priori qualificado e correram bem”.

Nessa mesma entrevista, o agora ex-secretário de Estado revelou ter tido “uma proximidade com António Costa na Câmara Municipal de Lisboa” e que “um dos desafios que me fez, que mais marcou a minha passagem pela autarquia, foi coordenar a reabilitação da Mouraria, apesar de eu não ser engenheiro ou arquiteto e de nunca ter intervindo ao nível da reabilitação urbana”.

Sobre a ausência de experiência em relação a matérias de desporto, João Wengorovius Meneses afirmou que “se pode mitigar essa falta de conhecimento profundo das matérias do Desporto com uma equipa competente. E, por outro lado, procurar ter um olhar de fora, um olhar fresco e até inovador”.

Socialista João Paulo Rebelo nomeado para o cargo

Entretanto o substituto já está escolhido. O Presidente da República aceitou, ainda na terça-feira, a nomeação do deputado socialista João Paulo Rebelo, eleito a 4 de outubro de 2015 pelo círculo de Viseu, para o lugar. Aliás, foi através da nota da presidência que se ficou a saber, na noite de ontem, que João Wengorovius Meneses tinha saído do Ministério.

João Paulo Rebelo, de 42 anos, é gestor e deputado na Assembleia da República, ocupando lugar na Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas. Vai tomar posse esta quinta-feira, 14 de abril,na mesma cerimónia em que entrarão formalmente em funções Luís Filipe Castro Mendes, como ministro da Cultura em substituição de João Soares, e o secretário de Estado da mesma pasta, Miguel Honrado.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.