Com as principais economias mundiais a recuperarem da crise, a Audi registou, em Maio, um aumento nas vendas mundiais de 6,7%. O crescimento da marca dos quatro anéis aconteceu nas três principais regiões-chave, com as vendas a subirem 9,7% na Europa, 5,7% na Ásia e Pacífico, e 3,8% na América do Norte.

Em termos de modelos, destaque para o sucesso obtido pela nova geração Q7, com uma subida de 79,6% no último mês, ao mesmo tempo que a nova família A4 motivou um crescimento nas vendas de 16,2%.

Analisando os primeiros cinco meses do ano, de Janeiro a Maio, a marca alemã registou uma subida das vendas de 5,3%, em termos de mundiais, face ao período homólogo de 2015, resultado da comercialização de 784.250 automóveis.