A apresentação da versão de produção do novo navio-almirante do fabricante de Gaydon, recorda a imprensa internacional, deveria acontecer noutro mercado que não em Hong Kong, numa altura que os concessionários mais representativos já tivessem pelo menos uma unidade do Aston Martin DB11.

No entanto, e numa jogada que poderá ser considerada prematura, o importador da marca para Hong Kong, MF Jebsen, decidiu organizar um evento, para clientes seleccionados, num parque privativo de um hotel de luxo localizado no território. Resultado: acabaram por chegar ao domínio público, antes do previsto, fotos do modelo que vem substituir o DB9.

O DB11 resulta já da parceria, assinada em 2013, entre a Aston Martin e a Daimler, que permite que os novos modelos de Gaydon surjam equipados com os mesmos sistemas eléctricos utilizados pela Mercedes-AMG. O desportivo tem por base um novo V12 5,2 litros biturbo, equipado com tecnologia de desactivação de cilindros, sistema Stop&Start, caixa automática ZF de oito velocidades e sistema de modos de condução. Contudo, futuros modelos Aston Martin poderão inclusivamente vir a integrar o V8 4,0 litros biturbo da Mercedes, numa variante que deverá ultrapassar os 510 cv de potência.