No mesmo dia em que Portugal trazia para casa a taça do Euro 2016, o jornal britânico The Telegraph dedicava um artigo ao país do pé direito de Éder, esse anti-herói que fez o golo da vitória quando poucos o esperavam. “22 razões para fazer de Portugal o seu próximo destino de férias” é o título do texto que enumera os motivos porque se deve cruzar as fronteiras e conhecer o país do novo campeão europeu de futebol. E o primeiro motivo é precisamente esse jogo de bola que este domingo meteu sorrisos no rosto de 11 milhões de portugueses.

“A inesperada vitória do Euro 2016 vai inflamar o interesse no desporto que já goza de um status semirreligioso em todo o país”, lê-se no artigo, que começa por sugerir uma visita ao Estádio Municipal de Braga, um estádio esculpido na rocha. Mas não é só de passes e remates certeiros à baliza que se fala, até porque há outras 21 razões para conhecer Portugal. Nas descrições do Telegraph, seja pelo histórico e muito elogiado vinho do Porto, pelo tradicional pastel de Nata (que deve ser comprado nos Pastéis Belém, dizem eles), pelo São João, altura em que se pode dar com um martelo na cabeça das pessoas, ou pelas ondas, não fosse o país um dos melhores destinos europeus para os surfistas, tudo vale para conhecer Portugal.

DOURO LINE 1

Comboios de Portugal

O artigo faz ainda rasgados elogios ao Douro, tido como o rio mais subestimado da Europa, e também à ilha da Madeira, que está longe de se equiparar a Ibiza. E se Lisboa e Porto encabeçam a lista de sugestões, o que dizer das cidades “secretas” de Portugal? “Toda a gente já ouviu falar de Lisboa e do Porto, mas e de Guimarães, Tavira e Sintra? Se esses nomes não lhe dizem nada, então está a perder uma oportunidade para descobrir como as cidades portuguesas eram antes de os turistas chegarem”.

Em fotogaleria estão as 22 sugestões do jornal The Telegraph.