O romance de Paul Beatty, The Sellout, vencedor do Man Booker Prize de 2016, vai ser editado este ano em Portugal pela Elsinore. O livro sairá em maio, juntamente com um outro romance do autor norte-americano, The White Boy Shuffle.

The Sellout, publicado em 2015, é uma sátira poderosa sobre a América contemporânea, marcada pelo racismo e a intolerância. Considerado um dos melhores livros de 2016, ano em que chegou à Europa pela mão da pequena editora londrina Oneworld, o romance convenceu críticos no mundo inteiro, tirando Beatty da obscuridade.

Paul Beatty -The Sellout

A capa da edição original de “The Sellout”

No anúncio do vencedor do Man Booker Prize, Amanda Foreman, presidente do júri, considerou The Sellout “um daqueles livros muito raros que consegue pegar na sátira — um género muito difícil e que nem sempre é bem conseguido — e atirá-la para o coração da sociedade americana contemporânea com uma perspicácia selvagem”, semelhante à de autores como Jonathan Swift ou Mark Twain.

The White Boy Shuffle, publicado originalmente em 1996, é o primeiro romance de Beatty. Este fala sobre um jovem afro-americano à procura da sua própria identidade, tema central de muitas das obras do autor.