Lançada no mercado em 2013, a actual geração Série 4 acaba de desvendar o seu mais recente facelift, a que não escapa sequer o mais radical M4. As alterações centram-se, basicamente, num ligeiro renovar da estética, mas passam principalmente por uma actualização dos sistemas de informação e entretenimento.

A operação de rejuvenescimento contempla ópticas Full LED, farolins e luzes de nevoeiro também em LED (semelhantes, de resto, às utilizadas no já revisto Série 3), pára-choques redesenhados, novas cores exteriores e interiores, e jantes de novo desenho. Nas cores, destaque para o Snapper Rocks Blue e para o Sunset Orange, dois tons que, além de novos, são exclusivos da família Série 4.

No interior do habitáculo, novos acabamentos, com cromados e pespontos duplos no painel de instrumentos, além de novas cores para a consola central, a par de três opções de revestimento.

17 fotos

Disponível passa a estar igualmente um novo sistema de navegação Profissional, com interface redesenhado semelhante ao do Série 5, além de menus configuráveis, que a marca garante serem de uso mais fácil. É igualmente proposto o “Multifunctional Instrument Display”, um painel de instrumentos digital que o condutor pode configurar segundo o modo de condução seleccionado.

Já no domínio técnico, a BMW revela ter revisto a suspensão do Série 4, não só nas versões ditas standard como também a do M4, tornando-a mais firme. Isto para garantir um tacto mais desportivo, sem, no entanto, sacrificar o conforto, garante o fabricante.

A oferta em termos de motores permanece a mesma, com os já conhecidos quatro e seis cilindros a gasolina e a diesel que há muito fazem parte da família Série 4, sempre com a opção de conjugação quer com a tradicional tracção traseira, quer com a tracção integral xDrive.

Uma última palavra para a versão M4 que, além de ganhar os mesmos atributos exteriores e interiores aplicados nas versões mais civilizadas, poderá ter visto, segundo avança a CarAdvice, igualmente aumentada a potência do 3,0 litros Twin-Turbo, actualmente fixada nos 431 cv. A BMW nada avança a este respeito.

[jwplatform aenEdsJu]